Zacharias Calil se reunirá com Waldir e Caiado antes da convenção por vaga ao Senado

Deputado federal entrou em pré-campanha e mantém “firme” pré-candidatura à Casa Alta do Congresso

Postado em: 26-07-2022 às 08h05
Por: Francisco Costa
Deputado federal entrou em pré-campanha e mantém “firme” pré-candidatura à Casa Alta do Congresso | Foto: Câmara dos Deputados

O deputado federal Zacharias Calil (União Brasil) mantém “firme” sua pré-candidatura ao Senado. Ele, inclusive, afirmou ao Jornal O Hoje que se reunirá com o governador Ronaldo Caiado (União Brasil) e com o também deputado federal e pré-candidato à Casa Alta do Congresso, delegado Waldir Soares (União Brasil) – que são presidente e vice da sigla. 

Zacharias, agora, afirma já estar em pré-campanha. Segundo ele, diferente de outros nomes, que desde janeiro já articulavam pelo Estado, ele preferiu aguardar o recesso parlamentar na Câmara Federal para começar os trabalhos. Na noite de domingo (25), inclusive, ele publicou um vídeo no Instagram em tom de pronunciamento. 

Na gravação de quase quatro minutos, ele diz que é hora de decidir como representará os goianos neste ano e que colocou o nome à disposição para disputar o Senado. Na ocasião, ele também falou sobre seu trabalho na Câmara e dos compromissos cumpridos durante o mandato legislativo. 

Continua após a publicidade

Já ao Jornal O Hoje, ele diz que uma das coisas que o estimulou a manter a pré-candidatura ao Senado é recepção popular. Além disso, ressalta a pesquisa Serpes que o coloca em posição de destaque. 

Ele ficou em terceiro lugar, com 7,5%, atrás do ex-governador Marconi Perillo (PSDB), 19%; e delegado Waldir, 13,4%. O levantamento é de 15 de julho, um dia antes de Marconi definir que entrará na corrida pelo Palácio das Esmeraldas. “Ainda não tivemos uma pesquisa com meu nome sem a presença de Marconi. Além disso, muitos levantamentos não me incluem”, argumentou Calil. 

Questionado se entrou tarde na disputa, ele diz que não. “Quando joga [o nome], dá uma mexida nos acomodados”, diz aos risos. Em relação a boa posição do partido na pesquisa – já que ele e Waldir lideram sem Marconi na Serpes –, Zacharias afirma que o União Brasil mostra força. 

Definição

Vale citar, Zacharias esteve com o governador recentemente, em Aruanã. Durante a conversa, ficou acertado que Zacharias levantaria números durante a semana e dois dias antes da convenção do União Brasil, que ocorre em 5 de agosto, se reuniria com Caiado e Waldir e outras lideranças. 

“A ideia é já chegar na convenção com a definição do nome ao Senado [ele ou Waldir].” Vale lembrar, o deputado é um dos defensores da tese das candidaturas isoladas, assim Waldir e o presidente estadual do PP, Alexandre Baldy. Ainda assim, o União Brasil só poderá ter um nome na disputa. 

Também da base, mas defensores de um nome de consenso, são pré-candidatos ao Senado o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) Lissauer Vieira (PSD) e o senador Luiz do Carmo (PSC). Destaca-se, consulta de delegado Waldir ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foi o que permitiu as candidaturas independentes, no caso da chapa de governador não ter um nome para o cargo.

Após o resultado, Waldir disse ao O Hoje que Caiado agora estaria sem pressão sobre essa decisão. “Não posso imaginar colocar a faca no pescoço do governador. Ele já colaborou com os partidos ao longo do governo dele, acolhendo dezenas de siglas. Ajudou montar a chapa de quase todos os partidos da base.”

Segundo apurado, o governador Ronaldo Caiado já demonstrou que não irá definir um único candidato na chapa. Com isso, caberá os postulantes saírem como isolados, ou buscarem novas alianças – Marconi, Gustavo Mendanha (Patriota) e Vitor Hugo (PL) ainda possuem espaços nas chapas deles.

Veja Também