Pros decide apoiar Ronaldo Caiado para reeleição

Com a desistência, André Antônio continua como pré-candidato à Câmara Federal e deve ter seu nome homologado nas convenções do dia 2 de agosto

Postado em: 28-07-2022 às 19h55
Por: Ícaro Gonçalves
Com a desistência, André Antônio continua como pré-candidato à Câmara Federal e deve ter seu nome homologado nas convenções do dia 2 de agosto | Foto: Divulgação

A direção do Partido Republicano da Ordem Social (Pros) em Goiás anunciou nesta quinta-feira (28/7) a retirada da pré-candidatura do empresário André Antônio ao governo do estado. A decisão ocorreu em reunião com o governador Ronaldo Caiado (UB), que ganha o apoio do partido na disputa pela reeleição.

O declínio ocorre apenas dois dias após o partido ter oficializado o nome de André Antônio na disputa pelo Palácio das Esmeraldas, na terça (26). Na ocasião, lideranças regionais da sigla declararam que havia negociação, em nível nacional, para a entrada do PTB na chapa.

Vale lembrar que, em junho, o presidente nacional do Pros, Marcus Holanda, já tinha dito que o partido em Goiás poderia apoiar Marconi Perillo (PSDB), caso ele optasse por disputar o governo. A reviravolta – de Marconi a Caiado – ainda pode ter novos capítulos, haja visto que o prazo para a realização de convenções pelos partidos políticos e pelas federações vai até o dia 5 de agosto.

Continua após a publicidade

Leia também:

Com a desistência, André Antônio continua como pré-candidato à Câmara Federal e deve ter seu nome homologado nas convenções do dia 2 de agosto. Participaram da reunião o presidente estadual da legenda, Dhone Rodrigues, o tesoureiro do partido Reginaldo Souto e o secretário do partido e presidente do Pros em Goiânia, Brenno Alves.

Veja Também