Eliton lamenta morte de escritor

Governador decreta luto oficial de três dias pelo falecimento do goiano José Mendonça Teles, ocorrido na noite de sábado

Postado em: 30-04-2018 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Governador decreta luto oficial de três dias pelo falecimento do goiano José Mendonça Teles, ocorrido na noite de sábado

O governador José Eliton (PSDB) decretou ontem luto oficial de três dias no Estado pelo falecimento do escritor, historiador e poeta José Mendonça Teles, falecido na noite do último sábado aos 82 anos de idade. 

Em nota de pesar, o governador lamentou a morte do um dos maiores ícones da cultura de Goiás e do Brasil. Goiano de Hidrolândia, José Mendonça Teles deixa as filhas Alessandra e Geovana, seis netos e um bisneto.

“É com muito pesar que lamentamos o falecimento do escritor, poeta e historiador José Mendonça Teles, que deixa um incontestável legado cultural para Goiás e para o Brasil. Foi essencial e pioneiro no importantíssimo trabalho de resgate histórico da memória goiana, presenteando nosso povo com registros perpétuos de nossa história”, afirma. “Homem de virtudes ímpares, poeta, historiador, jornalista, escritor e um incansável defensor das nossas riquezas”.

Continua após a publicidade

Eliton ressalta que Mendonça Teles deixa para a posteridade 33 livros relacionados com a cultura goiana, entre eles ‘Vida e Obra de Silva e Souza’, ‘A Imprensa Matutina’, ‘General Curado – Estudo Biográfico’, ‘A Cidade do Ócio’ e ‘Dicionário do Escritor Goiano’.

Outro legado seu é o hino oficial do Estado de Goiás, uma verdadeira declaração de amor de um homem apaixonado por nosso estado.

Bacharel em Direito pela Universidade Católica de Goiás (hoje PUC), onde lecionou por mais de três décadas, em 2003 recebeu o título de Doutor Honoris Causa. Também presidiu por muitos anos o Instituto Histórico e Geográfico de Goiás e a Academia Goiana de Letras, além de ter atuado como secretário de Cultura de Goiânia e presidente do Conselho Estadual de Cultura de Goiás.

“O talento do goiano José Mendonça foi reconhecido pelas mais importantes instituições culturais do Brasil, recebendo inúmeras condecorações e medalhas, entre elas a Medalha João Ribeiro, da Academia Brasileira de Letras”. 

O escritor deixa as filhas Alessandra e Geovana, seis netos e um bisneto. Mas também deixa órfãos 7 milhões de goianos que reverenciam e admiram sua obra, que é um legado para a cultura do nosso Estado. “Hoje e eternamente, José Mendonça Teles é e sempre será referência na cultura e literatura de Goiás”.

Posse 

José Eliton participa nesta segunda-feira da posse dos desembargadores Carlos Hipólito Escher e Zacarias Neves Coelho nos cargos de Presidente, Vice-Presidente e Corregedor Regional Eleitoral do TRE. A solenidade será realizada na sede do Tribunal Regional Eleitoral, na Praça Cívica, às 10 horas. 

Caiado e Wilder participam de cavalgada e queima do alho em Edeia  

Os senadores Ronaldo Caiado e Wilder Morais, ambos do Democratas, foram recepcionados ontem em Edeia, para a 4ª Queima do Alho e Cavalgada da cidade, ao lado dos deputados José Nelto (Podemos), Major Araújo (PRP), o ex-candidato a prefeito Waguinho (Democratas) e vereadora Gillene Fernandes (Democratas), além de lideranças da região.

A festa é organizada pela comunidade e, para o senador Ronaldo Caiado, um momento de reavivar antigas lembranças de família, bem como promover a confraternização entre amigos.

“É na volta às minhas raízes e no carinho que recebo dos goianos todos os dias que renovo as minhas energias para lutar por um novo Goiás. Foi assim hoje em Edeia. Como já é tradição, fizemos uma cavalgada pela cidade ao lado de milhares de cavaleiros. Nas ruas a recepção calorosa e espontânea dos moradores nos deixou realmente motivados”, contou Ronaldo Caiado.

O senador chegou a Edeia por volta das 10 horas acompanhado de Wilder Morais e José Nelto e tiveram encontro com lideranças na casa de Waguinho. “Os moradores estavam ansiosos com a vinda de Ronaldo Caiado nesta festa que já é tradição aqui em Edeia. O senador tem uma identidade muito forte com o setor produtivo e para nós é uma alegria enorme dividir com ele esse momento que ele tanto gosto”, disse Waguinho.

A vereadora Gillene também comemorou a visita dos dois senadores. “É uma honra recebê-los em nossa cidade. A presença deles dá brilho a essa festa que é a própria comunidade que organiza com todo o carinho”, contou.

Vice-prefeito de Palmeiras de Goiás, Ailton Terra Nova tem acompanhado Ronaldo Caiado em alguns eventos do interior e assegura que a recepção é sempre calorosa como foi em Edeia.

“É impressionante o carinho que a população tem com Ronaldo Caiado, nosso próximo governador. Ele representa a renovação que Goiás quer e, ao mesmo tempo, a força do campo para o País. É uma referência para todos nós”, assegurou. 

Temer cancela participação em feira agrícola 

O presidente Michel Temer cancelou sua participação na abertura de uma feira agrícola na cidade de Ribeirão Preto (SP) e decidiu voltar mais cedo para Brasília. Sua participação estava prevista na agenda oficial e ele já estava em São Paulo desde sábado, após participar de um evento do setor pecuário, em Uberaba (MG).

O presidente voltou para Brasília no domingo à noite. A decisão de antecipar o retorno está relacionada à votação, no Congresso Nacional, de um projeto de lei (PL) para reforçar o orçamento do Fundo de Garantia à Exportação em cerca de R$ 1,3 bilhão. O PL foi enviado pelo governo aos parlamentares e Temer quer acompanhar de perto o empenho da base aliada na matéria.

O governo pediu aos parlamentares empenho na aprovação do projeto de lei que será posto em votação em sessão do Congresso Nacional, na próxima quarta-feira (2). Se aprovado, o aumento no orçamento do fundo servirá para pagar as dívidas da Venezuela e de Moçambique com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Credit Suisse.

No caso de um não pagamento das dívidas de empréstimos que financiaram serviços e obras de empreiteiras brasileiras no exterior, quem arca com o pagamento é o Tesouro brasileiro. Isso porque, as operações têm seguro coberto pelo Fundo de Garantia à Exportação, vinculado ao Ministério da Fazenda. O pagamento deve ser feito até o dia 8 de maio. (Agência Brasil) 

Veja Também