Cobertor, medalha de honra e cartas: veja alguns itens que sobreviveram ao Titanic e que serão leiloados

Postado em: 08-04-2022 às 13h11
Por: Cecília Sampaio
O evento irá acontecer em Belfast, na Irlanda do Norte, próximo ao local onde o navio foi construído. | Foto: Reprodução

Neste mês de abril será promovido um leilão com itens que sobreviveram ao naufrágio do Titanic. O evento irá acontecer em Belfast, na Irlanda do Norte, próximo ao local onde o navio foi construído.

Entre os itens a serem leiloados estão um cobertor para passageiros no convés bordado da “White Star Line”, que foi a companhia encarregada de fabricar o navio, além de uma caixinha com pequenos itens. A dona dos pertences seria Margaret “Molly” Brown, que foi socialite norte-americana e ativista pelos direitos de mulheres, crianças e trabalhadores, que sobreviveu ao naufrágio.

De acordo Karl Bennett, diretor administrativo da Bloomfield Auctions, ainda tem uma medalha de honra incrustada de diamantes pertencente a Molly dadas pelos franceses por seus esforços de caridade durante a Primeira Guerra Mundial. Além de uma série de documentários ligados ao ator famoso Errol Flynn.

Cartões postais, cartas e lenços são outros itens a serem leiloados.

Naufrágio

O Titanic, que foi chamado de “impossível de afundar”, bateu contra um iceberg no dia 14 de abril de 1912 às 23:40. Thomas Andrews, que projetou o navio, estava a bordo na ocasião e foi inspecionar os danos e confirmou que o navio ia afundar.

Chegaram a enviar uma mensagem ao navio Frankfurt, um navio alemão que se localizava próximo, que dizia “Nós batemos em um iceberg e afundamos na proa”.

Em menos de duas horas após o naufrágio a Carpathia chegou e foram resgatados 700 sobreviventes. Os botes salva-vidas só tinham capacidade para metade dos passageiros.

Às 2:20 o navio se rompeu ao meio e as duas metades começaram a descer até o fundo do Oceano Atlântico.

Compartilhe: