“Foi uma fraqueza”, diz padre que manteve relacionamento com homem casado durante dois anos

Nesta sexta-feira (3/5), a Arquidiocese de Natal afastou o padre Júlio Cezar Souza Cavalcante após suposto envolvimento em escândalo sexual com um casal católico, que viralizou na internet na tarde de hoje. O caso será apurado pela igreja e a decisão foi confirmada através de uma nota da instituição católica.

Postado em: 03-06-2022 às 18h05
Por: Ana Bárbara Quêtto
Um áudio vazado nas redes sociais mostra o padre confessando o envolvimento com Breno, um homem casado, entre 2010 e 2012 | Foto: Reprodução.

Nesta sexta-feira (3/6), a Arquidiocese de Natal afastou o padre Júlio Cezar Souza Cavalcante após suposto envolvimento em escândalo sexual com um casal católico, que viralizou na internet na tarde de hoje. O caso será apurado pela igreja e a decisão foi confirmada através de uma nota da instituição católica. A situação ocorreu em Natal, no Rio Grande do Norte.

Um áudio vazado nas redes sociais mostra o padre confessando o envolvimento com Breno, um homem casado, desde 2010. Júlio era amigo do casal e teria celebrado o casamento do amante com a mulher. Todo o registro foi feito pela esposa, ao confrontar o padre sobre a suposta traição. A mulher afirma que a relação extraconjungal ocorreu dez dias antes do casamento.

“Foi uma fraqueza, nós nos confessamos e prometemos que não ia ter mais desrespeito até lá [até a data do casamento]. Depois de casado não, você mesmo [Breno] disse que não queria mais, por respeito a mim. Depois só abraço, mas abraço eu dou em todo mundo”, disse o padre em um dos áudios.

Continua após a publicidade

O padre tenta explicar que o ato só foi consumado duas ou três vezes e que não continuou por respeito a esposa do homem. “Eu não posso dizer quanto foi, eu não tenho certeza” conta o padre. Mas, o marido fala que “aconteceu várias vezes” e que a relação durou de março de 2010 até junho de 2012.

A mulher dispara: “Não está batendo as histórias. Respeito não houve! De 2010 até 2012, caricia, prazer seja o nome que vocês quiserem dar. Não fale como se isso fosse uma coisa normal! Ainda assim, o senhor aceitou testemunhar o nosso casamento?”, indagou a mulher.

Saiba mais em: Arquidiocese de Natal investiga padre que manteve relacionamento com homem casado

Logo em seguida, o sacerdote pede para que a esposa fale mais baixo e ela diz: “Fale mais baixo? Fale baixo? Eu acho que o senhor me conhece, eu não sou de fazer escândalo”, conclui. Também vazaram prints comprometedores de conversas, entre Júlio e Breno, em que o padre fala: “tô com fome”.

O padre ainda não se pronunciou. Nas redes sociais, os internautas já começaram a fazer memes sobre o assunto. Veja:

Veja Também