Relembre os escândalos protagonizados pela igreja Deus é Amor

Apesar de muitos acharem que esse é o primeiro grande escândalo protagonizado pela igreja Pentecostal.

Postado em: 19-09-2022 às 15h53
Por: Redação
Apesar de muitos acharem que esse é o primeiro grande escândalo protagonizado pela igreja Pentecostal. | Foto: Reprodução

Após um áudio com conteúdo sexual envolvendo a missionária e cantora Léia Miranda, frequentadores da Igreja Pentecostal Deus é Amor ficaram chocados com a polêmica da última quinta-feira (16/9). Apesar de muitos acharem que esse é o primeiro grande escândalo protagonizado pela igreja Pentecostal, casos como este já existiam, porém, acabaram sendo escondidos de vir à tona. Relembre a seguir as confusões envolvendo a Deus é Amor:

O caso mais comentado é do pastor David Miranda Filho. Assim como sua irmã, em 2015, ele havia saído da igreja após uma série de áudios eróticos serem vazados. O material exposto mostra o ex-líder conversando com uma jovem na Internet.

“Melhor não fazer amor, se fizer você sabe, tirar a virgindade, você nunca mais vai me esquecer, meu ‘tô excitado, queria falar no seu ouvido, queria te beijar todinha”, revelou a gravação.

Continua após a publicidade

Miranda foi afastado da instituição e de diversos eventos, tornando-se um caso sensível entre os membros religiosos. Além disso, o primogênito de Davi Miranda havia processado suas irmãs em razão da herança de seu pai.

Diante a essa nova situação, o antigo dirigente quer retornar ao comando da Deus é Amor. Através de suas redes sociais, David realizou uma enquete e questionou os seus seguidores se queriam a sua volta. “O recado é simples: ‘O inimigo do meu inimigo é meu amigo’”, escreveu.

Leia também:

Após áudio ‘picante’ com pastor casado, Léia Miranda da Deus é Amor é expulsa de igreja pela polícia

Deus É Amor se divide com escândalo sexual envolvendo herdeira da igreja pentecostal

Veja Também