15 de outubro de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Política
Percentuais
19/04/2018 | 06h00
Pesquisa aponta diferença de 12,5 pontos entre Eliton e Caiado
Pré-candidato do DEM aparece com 35,7% das intenções, seguido pelo governador, que está com 22,2%

Apenas 12,5 pontos percentuais separam o pré-candidato PSDB, governador José Eliton, do pré-candidato do Democratas, senador Ronaldo Caiado, segundo pesquisa de intenções de votos realizada pela Directa Consultoria e Pesquisa/O Hoje/Jovem Pan, entre os dias 12 e 18 deste mês. Caiado recebeu 35,7% das intenções de voto na pesquisa estimulada, enquanto o governador do estado obteve 22,2% das indicações. O resultado mostra o crescimento do pré-candidato do PSDB, em relação a pesquisas anteriores. O Instituto Directa ouviu 1002 eleitores em todas as regiões do estado entre os dias 12 e 18 deste.

Ainda na pesquisa estimulada, o deputado federal Daniel Vilela, pré-candidato do MDB, recebe 14,4% das intenções de voto; Katia Maria (PT) aparece em quarto lugar com 1,2% das intenções e Fabrício Rosa (PSOL) está com 0,4%. Dos entrevistados, 10,8% voltariam nulo e outros 15,3% não souberam dizer em quem votar.

Na espontânea, onde não é apresentado nomes de candidatos ao entrevistado, o pré-candidato do DEM ficou com 10,7% das intenções de votos, seguido pelo ex-governador Marconi Perillo (PSDB), que obteve 4,8% das intenções. O nome do governador José Eliton aparece imediatamente depois, com 3,3%. Nesse cenário, entre outros, aparecem Iris Rezende (MDB), com 2,2% das intenções, Daniel Vilela, com 1,9%, e Maguito Vilela (MDB), com 0,8%. Votaram nulo 12,6% dos eleitores e outros 62,7% não souberam dizer em quem votar.


Senado

Na pesquisa estimulada para o Senado Federal, o ex-governador Marconi Perillo lidera as intenções de voto, alcançando 30,9%. Em seguida vem a senadora Lúcia Vânia (PSB), com 26,5%; Jorge Kajuru, com 23,2%; Demóstenes Torres (PTB), com 11,9%; e Vilmar Rocha (PSD), com 9,4% das intenções de voto. Nesse cenário, Pedro Chaves (MDB) recebe 7,1% das intenções de voto e o senador Wilder Morais, 4,7%. Dos entrevistados, 14,6% voltariam nulo, e outros 13,2% não souberam dizer em quem votariam.

Na pesquisa espontânea, 11,3% dos eleitores responderam que votarão no ex-governador Marconi Perillo. Outros 7,4% dos entrevistados disseram que votam na senadora Lúcia Vânia. Declararam intenção de voto para o vereador Jorge Kajuru 6,2% dos eleitores entrevistados, enquanto 3,8% disseram que votariam no ex-senador Demóstenes Torres e 1,2%, no deputado federal Pedro Chaves. Maguito Vilela também apareceu na intenção de votos de 0,8% dos entrevistados. Mais da metade dos entrevistados, 54,9%, não soube dizer em quem votar, e outros 13,29% não votariam em nenhum candidato. 


Pesquisa directa/O HOJE/JOVEM PAN 

INTENÇÃO DE VOTO PARA O GOVERNO DO ESTADO

Estimulada 

Ronaldo Caiado: 35,70%

José Eliton: 22,20%

Daniel Vilela: 14%

Katia Maria: 1,20%

Fabricio Rosa: 0,40%

Nulo: 10,80%

Não sabe dizer: 15,30%


REJEIÇÃO DOS CANDIDATOS AO GOVERNO DO ESTADO

Estimulada 

Daniel Vilela: 13,20%  

José Eliton: 10,10%

Ronaldo Caiado: 9,80

Não rejeita ninguém: 40,40% 

Rejeita todos: 8,70%

Não sabe dizer: 17,80%


INTENÇÃO DE VOTO PARA O SENADO

Estimulada

Marconi Perillo: 30,9%

Lúcia Vânia: 26,5%

Jorge Kajuru: 23,2%

Demóstenes Torres: 11,9%

Vilmar Rocha: 9,4%

Pedro Chaves: 7,1%

Wilder Morais: 4,7%

Nulo: 14,60%

Não sabe dizer: 13,20%


REJEIÇÃO DOS CANDIDATOS PARA O SENADO

Estimulada

Demóstenes Torres: 9,60%

Marconi Perillo: 8,70%

Pedro Chaves: 7,60%

Jorge Kajuru: 6,60%

Wilder Morais: 5,40%

Lúcia Vânia: 4,30%

Vilmar Rocha: 2,50%

Não rejeita ninguém: 27,10%

Rejeita todos: 11,40%

Não sabe dizer: 16,80%


INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE (COM LULA)

Estimulada

Lula: 19,70%

Jair Bolsonario: 15,60%

Ciro Gomes: 13,50%

Marina Silva: 6:50%

Henrique Meirelles: 5,30%

Geraldo Alckmin: 3,90%

Rodrigo Maia: 1,90%

Álvaro Dias: 0,70%

Nulo: 14,10%

Não sabe dizer: 17,90%


INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE (SEM LULA)

Estimulada

Jair Bolsonario: 21,50%

Ciro Gomes: 18,60

Marina Silva: 9,60

Henrique Meirelles: 5,60%

Geraldo Alckmin: 3,90%

Rodrigo Maia: 1,90%

Michel Temer: 0,90%

Álvaro Dias: 0,70%

Nulo: 16,70%

Não sabe dizer: 20,60%


Lula lidera intenções de voto para presidente 

A Directa Consultoria e Pesquisa também ouviu os eleitores nas suas intenções de voto para a Presidência da República nas próximas eleições. Na estimulada em cenário em que é considerada a participação do ex-presidente Lula (PT), ele lidera a pesquisa com 19,7% das intenções de voto, seguido por Jair Bolsonaro, que alcança 15,6% e de Ciro Gomes (PDT), que fica com 13,5% das intenções de voto dos entrevistados. Marina Silva (Rede) recebe 6,5% das intenções de voto, Henrique Meirelles (MDB), 5,3% e Geraldo Alkmin (PSDB), 3,9%. O deputado federal Rodrigo Maia (DEB) vem em seguida com 1,9% das intenções, enquanto o presidente Michel Temer (MDB) aparece na penúltima colocação, com 0,9% e Álvaro Dias com 0,7%. Mais de 14% votariam nulo e 17,9% não souberam em quem votar.

Num cenário sem o ex-presidente Lula, Jair Bolsonaro assume a liderança entre os entrevistados, com 21,5% das intenções de voto. Na mesma ordem que no cenário anterior, aparecem Ciro Gomes, com 18,6% dos votos; Marina Silva, com 9,6%; Henrique Meirelles, com 5,6%; Geraldo Alkmin, com 3,9%; Rodrigo Maia, com 1,9%, Michel Temer, com 0,9% e Álvaro Dias, com 0,7%. Nulos ficam em 16,7%, enquanto 20,6% dos eleitores não souberam em quem votar.


A pesquisa

O Instituto Directa Consultoria e Pesquisa entrevistou 1.002 eleitores, num universo de 4,343 milhões de eleitores no estado. Utilizou plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico. A pesquisa tem um nível de confiança em torno de 95% e margem máxima de erro de 3,1% para mais ou para menos.

 

Eliton libera emendas a deputados 

Venceslau Pimentel*


O governador José Eliton (PSDB) acertou com os deputados da base aliada na Assembleia Legislativa a liberação de recursos previstos em emendas parlamentares apresentadas ao orçamento do Estado para este ano. Na reunião realizada ontem pela manhã no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, ficou acertada a liberação de até R$ 2 milhões para cada deputado, totalizando, na sua integralidade, R$ 56 milhões.

A liberação dos recursos – a serem aplicados prioritariamente em educação, saúde e infraestrutura – se dará de forma escalonada, de maio a novembro, no valor aproximado de R$ 300 mil.

O encontro aconteceu 11 dias após Eliton tomar posse, com a renúncia de Marconi Perillo (PSDB). Ainda na condição de vice-governador, ele havia se comprometido a abrir diálogo com os parlamentares, para discutir não apenas a liberação de recursos, mas também sobre as medidas administrativas que estão em andamento, sobretudo nas áreas da educação, saúde, segurança e transporte público. 

A agenda de inauguração de obras do programa Goiás na Frente também esteve em debate no encontro. “Recebo nesta manhã todos os 28 deputados da nossa base na Assembleia Legislativa. Tratamos de demandas dos municípios goianos, fizemos balanço das primeiras ações do nosso governo e as que virão nas próximas semanas”, comentou José Eliton pelas redes sociais. “Fiquei muito feliz com os relatos dos nossos parlamentares sobre a unidade da base e sobre suas expectativas para o nosso governo. Vamos em frente!”, pontuou.

O presidente da Assembleia, José Vitti (PSDB), também repercutiu a reunião pelas redes sociais. Disse estar satisfeitos com a explanação do governador sobre ações que, acredita, irão impactar, de forma significativa, a população. “Nós, parlamentares, entendemos que a liberação dessas emendas também faz parte de um conjunto de ações importantes para que as nossas lideranças, os prefeitos, enfim, a população, sejam atendidos em suas demandas.

Por sua vez, o líder do Governo, Francisco Oliveira (PSDB), também se mostrou entusiasmado com o compromisso do governador em reconhecer a importância dos deputados da base para o projeto político-administrativo do governo. “Os deputados saíram de lá felizes e o governador está feliz, porque a nossa base está num grande momento”, disse o tucano. “Temos aí três meses para trabalhar muito, para mostrar serviço, e é exatamente isso que essa base vai fazer. Eu tenho plena certeza que no caminho que nós estamos, o nosso projeto de governo vai ser vitorioso. (*Especial para O Hoje) 


Governador discute medidas com prefeitos 

Lucas de Godoi*


O governador José Eliton recebeu nesta quarta-feira, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, a visita de prefeitos da Região Metropolitana de Goiânia. A reunião, preparada por Eliton, tinha como objetivo apresentar aos prefeitos as novas medidas que o governo estadual adotará nas áreas de Segurança Pública, Educação e Saúde. Além disso, tratou sobre a renovação de parcerias com os municípios, em frentes além da do programa Goiás na Frente. 

José Eliton antecipou os projetos que serão colocados em prática nas três áreas estratégicas do governo, começando pela Segurança Pública, cujo anúncio será feito hoje, no Tribunal de Contas do Estado, às 15h30. O governador informou aos presentes que pesquisas dão conta de que a preocupação das pessoas com a Segurança Pública caiu de 79% para 17%.

O deputado Mané de Oliveira (PSDB) participou da reunião e disse que o governo tem conseguido reduzir o nível de violência no Eixo Anhanguera. "A segurança funciona hoje 24 horas no Eixo Anhanguera. Houve redução de 74% em crimes como roubos. O chamado Corujão é um transporte perigoso à noite. Mas vai ter uma viatura acompanhando os ônibus ao longo de todo o trajeto. As principais avenidas terão policiais indo e vindo, do começo ao fim", afirmou.

Segundo Eliton, 2,5 mil novos homens acabaram de concluir os cursos de formação na Academia de Polícia e ajudarão a ampliar a presença de policiais nas ruas. Também será criado o Batalhão dos Terminais, que vai atuar principalmente no Eixo Anhanguera, garantido o policiamento 24 horas por dia. Viaturas também acompanharão os ônibus chamados “corujões” - que circulam no Eixo Anhanguera de 1 hora da madrugada até 6 da manhã. Também adiantou que as atuais viaturas policiais serão trocadas por veículos mais potentes. (*Especial para O Hoje) 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)