Terça-feira, 14 de julho de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

Governo Federal adia posse do ministro da Educação

Postado em: 29-06-2020 às 16h30
Candidato a substituir Weintraub, Carlos Alberto Decotelli, escolhido por Jair Bolsonaro, tomaria posse no MEC nesta terça-feira (30) – Foto: Reprodução.

Da Redação

A posse do novo ministro da Educação do governo Jair Bolsonaro, Carlos Alberto Decotelli, estava marcada para acontecer nesta terça-feira (30), porém, deve ser adiada, e sem data remarcada para ocorre.

As suspeitas para o adiamento, assim também, que o ministro nem seja efetivado no comandado da pasta, são as revelações de que Decotelli fraudou no currículo, o doutorado que teria cursado na Argentina e um pós-doutorado na Alemanha, os dois seriam inexistentes.

O próprio presidente Jair Bolsonaro exigiu que as informações no currículo do candidato a ministro passassem por rechecagem. O pente-fino será feito pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

O reitor da Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, Franco Bartolacci, na semana passada, chegou a desmentir o currículo de Decotelli. Disponível na plataforma Lattes, o documento constava que o novo ministro era diplomado doutor pela instituição. O que o reitor negou.

Segundo Bartolacci, Decotelli iniciou o doutorado na universidade argentina, mas não concluiu o curso. Após isso, o novo ministro até alterou o currículo na plataforma, que anteriormente constava a informação de doutorado na Universidade Nacional de Rosário e conclusão em 2009, e que teria defendido a tese de "Gestão de Riscos na Modelagem dos Preços da Soja", sob orientação de Antonio de Araujo Freitas Jr.

E, quando foi na sexta-feira (26), tanto o título da tese quanto o nome do orientador foram excluídos e substituídos, no campo "Título", por "Créditos concluídos". E, no campo "Orientador", alterado para: "Sem defesa de tese".

Comunicação

A Secretaria de Comunicação da Presidência, por meio de nota, informou que não havia confirmado a data da posse para a imprensa, porém a cerimônia continua sem dia marcado. "Em nenhum momento a Secom confirmou o evento à imprensa e, até agora, não há previsão para essa cerimônia", cita o comunicado. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar