Goiânia como celeiro de composições

Postado em: 15-01-2022 às 09h25
Por: Redação
Confira o artigo de opinião de Zander Fábio. | Foto: Redação

Homens e mulheres criam a partir de combinações das notas que fazem da música uma das artes mais apreciadas no mundo: a composição. Comemorado em 15 de janeiro, o dia do compositor é em razão da fundação da Sociedade de Autores e Compositores do México – SACM. Entretanto, somente no ano de 1983 se tornou oficial no mundo inteiro. No Brasil, o dia 07 de outubro, é o dia do compositor brasileiro, e a data foi criada pelo cantor e compositor Herivelto Martins para homenagear o profissional das canções.

Composição é contar uma história na qual as notas musicais são palavras e o texto é a solfa que outros músicos leem para executar a música e recontar a história criada pelo compositor. Apesar do trabalho de compor música ser uma atividade profissional dos tempos mais remotos. Porém, no Brasil, somente no ano de 2021, foi publicada a Lei Nº 14.258 que dispõe sobre o exercício da profissão de compositor que determina que a atividade é profissão artística. Apenas recentemente, o Estado brasileiro reconheceu em sua legislação a profissão.

Tudo que há na cadeia produtiva da música, no show business e indústria fonográfica só existe em função da composição musical. Sem o trabalho do compositor e do letrista, o mercado de música popular não existiria. Do produtor ao consumidor de música tudo depende da criação dos compositores que despertam emoções com
suas canções.

A cidade de Goiânia é rica em compositores desconhecidos para o público em geral, mas com canções conhecidas no país e no mundo inteiro. O município é um dos maiores centros de composição musical popular do país com grandes nomes, principalmente na música sertaneja. A metodologia de trabalho utilizada é em conjunto com outros compositores que se reúnem exclusivamente para compor.

A Secretaria Municipal de Cultura de Goiânia está sempre aberta ao diálogo com todos os profissionais da composição e estabelece comunicação com toda a população. Todos são bem-vindos (as) ao espaço para contar suas histórias, processo criativo e de trabalho em compor canções que sempre nos emocionam.

Compartilhe: