PCGO prende policial penal por tentativa de feminicídio contra ex-namorada, em Formosa

O agente já descumpriu cinco medidas protetivas contra a vítima

Postado em: 09-08-2022 às 17h50
Por: Ana Bárbara Quêtto
O agente já descumpriu cinco medidas protetivas contra a vítima | Foto: PCGO

A Polícia Civil (PCGO) prendeu um policial penal e um ex-oficial das Forças Armadas, suspeitos de mandar e executar, respectivamente, uma tentativa de feminicídio. A operação ocorreu nas cidades de Valparaíso de Goiás e Gama, no Distrito Federal, nesta terça-feira (9/8).

No dia 8 de dezembro de 2021, a vítima estava esperando uma carona quando um homem armado roubou seu celular e disparou cinco vezes em direção a ela. O delito ocorreu por volta das 5h30, na Rua Brejão, no Distrito do Bezerra, em Formosa, próximo a casa da mulher..

Em seu depoimento, a prejudicada afirmou que o principal suspeito seria seu ex-namorado, um policial penal, que a estava ameaçando há algum tempo. Ela também destaca que o agente já descumpriu cinco medidas protetivas.

Continua após a publicidade

Leia também: PM dá tapas em cliente de distribuidora em Aparecida de Goiânia; Veja

Com isso, por imagens do local onde a vítima mora, a Polícia Civil do DF descobriu a placa do carro utilizado pelo suspeito no dia do crime. Assim, soube-se que o automóvel foi alugado.

A locadora informou, então, que o policial teria locado o veículo no aeroporto de Brasília e passado a outros dois comparsas, para que eles cometessem o crime. Um deles, o qual efetuou os disparos, seria um ex-oficial das forças armadas.

Segundo a PCGO, o ex-companheiro teria voltado para sua residência, no Gama, na tentativa de enganar os oficiais. No dia do crime, às 5h40, os dois cúmplices fogem para Valparaíso.

Apreensão

Portanto, os três criminosos foram presos em flagrante, e permanecem detidos de forma preventiva. A operação contou com apoio da PCDF (DCPI) e envolveu as 11ª e 5ª Delegacias Regionais da PCGO. 

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Formosa, ainda, iniciou uma investigação criminal visando apurar a tentativa de feminicídio e roubo.

Leia também: Mulher condenada por matar amante a facadas é condenada a 9 anos de prisão

Veja Também