Escola de Goiânia recebe prêmio nacional por alimentação saudável ofertada aos alunos

A premiada foi a Escola Municipal de Tempo Integral Juscelino Kubitschek, localizada na rua 260, no Setor Coimbra

Postado em: 10-08-2022 às 17h24
Por: Ícaro Gonçalves
A premiada foi a Escola Municipal de Tempo Integral Juscelino Kubitschek, localizada na rua 260, no Setor Coimbra | Foto: Divulgação

Uma escola municipal de Goiânia ganhou uma premiação nacional pela oferta e incentivo à alimentação saudável de alunos e familiares pelo segundo ano consecutivo. A premiada foi a Escola Municipal de Tempo Integral Juscelino Kubitschek, localizada na rua 260, no Setor Coimbra.

O projeto, chamado Prêmio Nestlé por Crianças Mais Saudáveis, foi criado para incentivar hábitos saudáveis em crianças das escolas públicas brasileiras. Desde 2018 a iniciativa premia 10 escolas com R$ 35 mil em benfeitorias e mentorias pedagógicas para implantação de propostas comprometidas com o bem-estar e saúde das crianças.

A trajetória até a premiação consistiu na realização de cinco gincanas para trabalhar diferentes hábitos saudáveis, como brincar ativamente, beber mais água, proporcionar alimentos para comer melhor, por em prática alimentação nutritiva e variada, e aproveitar as refeições juntos.

Continua após a publicidade

O último item a ser cumprido era a elaboração do projeto para aplicação do recurso do prêmio. Intitulado Efeito Borboleta, o projeto arquitetado pela escola consiste na criação de um espaço de vivências próximo à horta da escola, para diversificar as formas de aprendizado e gerar ludicidade no processo de ensino-aprendizagem.

“Pensamos nesse projeto por acreditar que pequenas ações podem transformar a vida dos estudantes. Percebemos que a pandemia resultou no sobrepeso e sedentarismo das crianças, então pensamos em trabalhar a alimentação saudável de forma lúdica, para que elas pudessem aprender aqui e levar para as famílias. Com essas ações, as crianças podem aprender mais e melhor”, explica a professora Andrea, coordenadora da escola Juscelino Kubitschek.

Segundo ela, a premiação será investida na construção desse espaço de vivências, de modo a aplicar filosofia que deu nome ao projeto.

Leia também: Merenda escolar faz falta no período de férias de crianças carentes

Veja Também