Emmy 2016 surpreende com premiações inesperadas e humor pontual

Tatiana Maslany e Rami Malek ganham melhor atriz e ator de séries dramáticas, conseguindo fazer a premiação fugir do óbvio e agradando os telespectadores das séries de TV americana

Postado em: 19-09-2016 às 07h00
Por: Redação
Tatiana Maslany e Rami Malek ganham melhor atriz e ator de séries dramáticas, conseguindo fazer a premiação fugir do óbvio e agradando os telespectadores das séries de TV americana


Toni Nascimento
A 68° edição do Emmy Awards 2016, a maior premiação da TV americana, que aconteceu neste domingo (18), conseguiu inovar o clássico modelo de cerimônia dos programas da televisão norte americana. Com a apresentação do conceituado comediante e apresentador Jimmy Kimmel, a produção deixou a festa com uma cara muito mais próxima do Oscar, clássica cerimônia do cinema comercial.

Com piadas pontuais sobre o universo televisivo, Jimmy conduziu o Emmy de maneira leve e engraçada, mesmo com algumas alfinetadas ao candidato à presidência dos Estados Unidos Donald Trump e o comentário de que ninguém assiste TV hoje em dia a não ser que seja Game of Thrones.

Em certa altura da premiação, subiu no palco o ator de cinema Matt Damon. Totalmente entregue ao espetáculo, ele conseguiu atuar melhor do que em muito dos seus filmes, e fez piada com a cara de Jimmy, que mesmo apresentando, concorria a uma categoria. Prêmio esse que ele não ganhou, causando risos da platéia.  

Continua após a publicidade

Consagração

Falando em Game of Thrones, ou GoT para os íntimos, a série se consagrou como a mais premiada da história do Emmy. Além de levar o prêmio de melhor série dramática pelo segundo ano consecutivo, ganhou o troféu de melhor roteiro de série dramática e melhor direção de série dramática pelo episódio nove da sexta temporada, Batalha dos Bastardos.

Mas se GoT já tinha a sua consagração escrita nas estrelas e esperada pelos especialistas em entretenimento, outras produções não tão visadas pelo grande público surpreenderam. Como é o caso de Rami Malek, que ganhou merecidamente o troféu de melhor ator em série dramática pela nova queridinha da crítica, Mr Robot. A série conta a história de um hacker com transtorno de múltipla personalidade que quer quebrar o sistema.

Além de Malek, quem também pegou todo mundo de surpresa foi Tatiana Maslany. A atriz que interpreta quase todos os personagens de Orphan Black, série sobre clones que se unem para descobrir suas origens genéticas, ganhou o troféu de melhor atriz em série dramática pela 4° temporada da série. A sua vitória, comemorada por todos os cantos da internet, não era esperada mas foi a maior e melhor surpresa da noite.

As vitórias de Tatiana e Malek foram inesperadas até por eles mesmos, que pegos de surpresa acabaram não levando um discurso pronto para o palco. A maioria dos premiados sempre estão com o discurso escrito, pronto para ser lido para o público, ou sabem de cabeça o que dizer. Já nossos novatos tiveram que improvisar na hora de discursar, e se saíram muito bem.

Premiação 

A quem diga que finalmente ouve justiça no Emmy, e quem merecia finalmente pode vencer a competição. Mas essas mudanças se devem a recente mudança das regras, que permitem que todos os votantes possam eleger em todas as categorias.

Apesar da categoria dramática ser a principal da noite, não é só dela que o Emmy é feito. Na categoria minisséries quem limpou a salinha de troféus foi The People v. O.J. Simpson: American Crime Story. Logo no seu primeiro ano, a produção que expõe um dos casos jurídicos mais midiáticos dos Estados Unidos, abocanhou nove troféus.

Na categoria de comédias tivemos as já esperadas premiações de melhor série de comédia para Veep e de melhor atriz de comédia para a protagonista de Veep, Julia Louis-Dreyfus. A comediante já é veterana no prêmio, e esse é o 21° troféu que ela leva para casa.

Outro destaque na comédia foi Transparent, série do canal de streaming do Yahoo. Uma das diretoras da série levou o troféu para casa e Jeffrey Tambor, que faz o personagem principal da série sobre um homem da terceira idade que resolve trocar de sexo, levou o prêmio de melhor ator em comédia.

A série desperta uma pulga atrás da orelha de quase todo mundo pelo fato de que apesar de estar na categoria de comédia, ela está muito mais para um drama, ou no mínimo uma dramédia.

Mas para encerrar o resumão sobre o Emmy 2016, nada mais justo do que falar sobre um dos momentos mais fofos da noite, que foi quando Jimmy chamou os atores mirins de Stranger Things para distribuir sanduíches de creme de amendoim, “feitos” pela mãe do comediante, para toda a platéia.

A 68° edição do Emmy teve como seus mais premiados Game of Thrones, Veep e The People v. O.J. Simpson: American Crime Story. Ela foi pontuada pelo humor e pelas surpresas, e se eternizou na história da cerimônia como uma das melhores dos últimos anos.

Veja Também