Saiba as proibições que os turistas terão de enfrentar na Copa do Mundo do Qatar

As autoridades locais já anunciaram que pretendem afrouxar os regimes para os visitantes que forem assistir a Copa , mas é preciso estar atento

Postado em: 18-11-2022 às 08h47
Por: Mariana Fernandes
As autoridades locais já anunciaram que pretendem afrouxar os regimes para os visitantes que forem assistir a Copa , mas é preciso estar atento | Foto: Reprodução

O Qatar é o primeiro país do Oriente Médio a receber uma Copa do Mundo e, mesmo que o país esteja mais para Emirado Árabes do que para Arábia Saudita nos costumes, é um país illâmico e tem hábitos diferentes dos ocidentais. 

As autoridades locais já anunciaram que pretendem afrouxar os regimes para os visitantes que forem assistir a Copa , mas é preciso estar atento. Ações como manifestações de afeto, andar sem camisa ou consumir bebida alcoólica não combinam com países mulçulmanos. 

Entre as leis mais severas, está a que proibe relações entre pessoas do mesmo sexo, sujeito a pena de sete anos de prisão. Em comunicado à imprensa, o presidente do comitê da Copa, Nasser Al-Khater, afirmou que o país receberá bem todos os estrangeiros, inclusive a comunidade LGBTQIA+.

Continua após a publicidade

“A ideia de que as pessoas não se sentem seguras aqui não é real. Eu já disse e digo novamente, todos são bem-vindos e sentirão seguros aqui. O Quatar é um país tolerante, acolhedor e hospitaleiro. Somos mais modestos e conservadores e é isso que pedimos que respeitem. Respeitamos as diferentes culturas e esperamos que as culturas respeitem a nossa”, declarou Nasser.

Confira a seguir algumas regras e restrições que vigoram no Qatar:

Consumo de bebidas alcoólicas

A combinação entre álcool e futebol é quase sagrada entre os brasileiros, mas no Qatar o consumo em público é proibido. Além disso, apenas estabelecimentos designados pela FIFA terão permissão para a comercialização. Nos estádios, não haverá venda de bebidas alcoólicas, mas nas áreas chamadas “hospitality”, onde estarão os torcedores VIP, as vendas deverão acontecer.

Carinhos em público

No país a manifestação de afeto não é bem vista. O código penal do Quatar inclui beijos, abraços e apertos de mãos entre pessoas do sexo oposto.

Regata e calça rasgada, jamais

No Qatar, a religião também dita o estilo da população, influenciando em hábitos cotidianos e até nas vestimentas. Visitantes homens não podem, em público, exibir peitoral e coxas. Para as mulheres, o indicado são saias abaixo do joelho, camisetas e nada de decotes ou roupas justas.

Relações LGBTQIA+

No país, as relações entre pessoas do mesmo sexo também são ilegais e podem ser punidas com até sete anos de prisão. Segundo o comitê de comunicação da Copa do Qatar, a polícia e as forças de segurança estão tendo treinamento antidiscriminatório antes do torneio, para que não haja problemas com os turistas.

Fotografias

Filmar as pessoas sem autorização também é crime no país. A regra se estende para imagens de policiais e edifícios militares, o que pode levar à prisão. Jornalistas que viajam a trabalho precisam de uma licença fornecida pela Agência de Notícias do Qatar (QNA).

Veja: Abertura Copa do Mundo 2022: data, horário e atrações do mundial

Veja Também