No Rio de Janeiro, duas garotas de programa são presas após sequestrarem juiz americano

Duas garotas de programa foram presas na noite de terça-feira (13/07) após terem participado de um sequestro e extorquirem um juiz americano.

Postado em: 13-07-2022 às 16h43
Por: Lorenzo Barreto
Duas garotas de programa foram presas na noite de terça-feira (13/07) após terem participado de um sequestro e extorquirem um juiz americano | Foto/Reprodução

Duas garotas de programa foram presas na noite de terça-feira (13/07) após terem participado de um sequestro e extorquirem um juiz americano.

Segundo a polícia do Rio, Shayna Xavier Monteiro da Silva e Beatriz Freitas dos Santos foram até o “flat” que o estrangeiro estava hospedado e depois de aproximadamente uma hora teriam retornado com dois capangas e sequestrado o juiz. O norte-americano chegou ao Brasil no dia 3 de julho, e cerca de uma semana depois, teria marcado o encontro com as garotas de programa, que já eram conhecidas pelo magistrado por encontros que já havia tido anteriormente.

O grupo teria roubado R$ 8 mil e mais 100 dólares, além de pedir resgate. Em depoimento, o americano informou que vem bastante ao Brasil e que costuma se hospedar em bairros nobres da capital carioca. Na abordagem, os capangas se anunciaram como policiais. Eles roubaram o dinheiro da vítima, o levaram para o Recreio dos Bandeirantes (Zona Oeste do Rio), pararam próximo a um ponto de táxi e solicitaram o resgate. A polícia ainda investiga o caso.

Continua após a publicidade

Veja Também