Bolsonaro pode usar facada como propaganda para tentar reeleição

Em ano eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro (PL) usou as redes sociais nesta segunda-feira (14/2) para divulgar um vídeo gravado em setembro

Postado em: 15-02-2022 às 10h33
Por: Stéfany Fonseca
"Não me lembrava de ter falado após acordar da 1ª cirurgia" | Foto: Reprodução

Em ano eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro (PL) usou as redes sociais nesta segunda-feira (14/2) para divulgar um vídeo gravado em setembro de 2018, após levar uma facada durante a campanha. Na legenda Bolsonaro escreveu: “Não me lembrava de ter falado após acordar da 1ª cirurgia na Santa Casa de Juiz de Fora/MG, e nem sabia que esse vídeo existia”.

O vídeo tem pouco mais de três minutos e mostra, o pastor evangélico e ex-senador, Magno Malta (PL-ES) fazendo uma oração por Bolsonaro. Na sequência, o presidente agradece a Deus e aos médicos, e diz: “estava muito preocupado, parecia uma pancada na boca do estômago. Já levou uma bolada no futebol? A dor era insuportável e parecia que tinha algo mais grave acontecendo”. Bolsonaro finaliza a publicação dizendo: “todos nós temos uma missão aqui na terra”.

Bolsonaro após primeira cirurgia | Foto: Reprodução redes sociais

Internautas questionaram a divulgação do vídeo. O cientista político, Robert Bonifácio disse, que essa pode ser uma das estratégias do presidente para as eleições deste ano. “A divulgação do vídeo é mais uma das ações características da estratégia de Bolsonaro: 1 viver em eterno clima de campanha e 2 atrair atenção a questões de ordem moral, individual ou ideológica, a fim de evitar a pauta sobre as condições objetivas de vida dos brasileiros, que estão em má situação e sobre as quais o governo federal possui bastante responsabilidade, por sinal. Isso tende a se intensificar daqui por diante, uma vez que estamos a menos de 8 meses das eleições”.

Veja Também