Jair Bolsonaro diz que jornalista estava exagerando ao chamar a guerra na Ucrânia de massacre

O presidente também afirmou que Putin não teria interesse em um massacre, e que o mesmo estaria focando apenas nas regiões separatistas

Postado em: 28-02-2022 às 09h56
Por: Iara Godoi
O presidente também afirmou que Putin não teria interesse em um massacre, e que o mesmo estaria focando apenas nas regiões separatistas | Foto: AFP

O presidente Jair Bolsonaro criticou uma jornalista durante o último domingo (27/2) por chamar a guerra da Ucrânia de massacre. A jornalista havia perguntado ao presidente se a proximidade entre Bolsonaro e Putin era o motivo do governo manter a neutralidade em suas declarações, mesmo com a possibilidade de um massacre de civis na Ucrânia. “Você está exagerando na palavra massacre.” respondeu Bolsonaro.

O presidente também afirmou que Putin não teria interesse em um massacre, e que o mesmo estaria focando apenas nas regiões separatistas. “Eu entendo que hão há interesse de um chefe de Estado em praticar um massacre. Ele [Putin] está sem empenhando em duas regiões no sul da Ucrânia que, em referendo, mais de 90% da população quis se tornar independente e se aproximar da Rússia. É isso que está acontecendo” comentou Bolsonaro.

A jornalista também comentou sobre a diferença entre o poder de fogo entre os dois países.“Equipamento de guerra é para matar. A gente sabe disso aí. Quer que eu fale o quê? Presidente faça isso ou faça aquilo?”[..] O povo [ucraniano] confiou num comediante o destino de uma nação. Ele [Volodymyr Zelensky] tem que ter equilíbrio para tratar dessa situação aí” respondeu Bolsonaro.

Veja Também