Presidente do Patriota nega aproximação de Mendanha e Vitor Hugo para criação de chapa

Postado em: 06-06-2022 às 16h20
Por: Ícaro Gonçalves
Uma aproximação entre Mendanha e Vitor Hugo é tida como positiva por pessoas próximas a Bolsonaro, mas esbarra em entraves e compromissos de ambos os lados | Foto: Reprodução

Jorcelino Braga, presidente do Patriota em Goiás, negou nesta segunda-feira (6/6) a existência de negociações para composição de chapa entre os pré-candidatos ao governo estadual Gustavo Mendanha e major Vitor Hugo (PL). Segundo ele, qualquer menção a isso é boato.

Para Jorcelino, não há chance de Mendanha ser vice ou apoiar outros nomes. “Nossas pesquisas internas qualitativas dizem que Gustavo é o melhor nome. E as quantitativas que ele está longe do terceiro e perto do primeiro colocado”, afirmou o presidente do Patriota estadual em entrevista ao portal Mais Goiás.

Conforme adiantado pela coluna Xadrez da última quinta-feira (2/6), uma composição com Mendanha e Vitor Hugo é vista com bons olhos por pessoas próximas a Bolsonaro, que consideram a possível união com musculatura suficiente para chegar ao segundo turno, unindo as alas do agronegócio e os evangélicos, principais representantes dos votos do presidente.

Na última pesquisa de intenções de voto feita pelo instituto RealTime Big Data, publicada no dia 26 de maio, Ronaldo Caiado (União Brasil) lidera com 33%. Marconi Perillo (PSDB) aparece em segundo lugar com 18%, em empate técnico com Mendanha (16%). Major Vitor Hugo, Vanderlan Cardoso (PSD) e Wolmir Amado (PT) apareciam empatados com 8% cada.

A pesquisa entrevistou 1,5 mil eleitores entre 24 e 25 do mês passado sobre as intenções de voto a pré-candidatos ao Governo de Goiás e ao Senado.

Com colaboração de Francisco Costa

Compartilhe: