STJ permite Arruda disputar eleições do DF

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), por meio do presidente Humberto Martins, permitiu a José Roberto Arruda (PL) disputar as eleições do

Postado em: 07-07-2022 às 08h34
Por: Francisco Costa

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), por meio do presidente Humberto Martins, permitiu a José Roberto Arruda (PL) disputar as eleições do Distrito Federal. A decisão é de quarta-feira (6) à noite.

Vale citar, o presidente do STJ suspendeu os efeitos de condenações de improbidade administrativa proferidas pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios contra Arruda. Ele acatou a tese da defesa que disse que a nova Lei de Improbidade Administrativa tornava as condenações de 2014 prescritas.

Arruda já estava apoiando a pré-candidatura da esposa Flávia Arruda (PL-DF) ao Senado, mas agora o ex-governador pode entrar no páreo. Ao Correio Braziliense, ele afirmou que é tempo das oposições ao governador Ibaneis Rocha (MDB) pensarem em nova uma estratégia.

Continua após a publicidade

Originalmente, Ibaneis queria fazer uma dobradinha com Flávia e ter o PL em sua base. Contudo, é possível que Arruda dispute o pleito, o que alteraria o cenário e poderia provocar um racha na base do atual gestor de Brasília.

José Roberto Arruda, entretanto, não definiu qual cargo disputará. Poderá, inclusive, concorrer à Câmara Federal na base de Ibaneis, o que facilitaria a vida do mandatário emedebista.

Entrevista recente de Ibaneis ao Hoje

Em entrevista recente ao Jornal O Hoje, o governador Ibaneis Rocha afirmou que não há favoritismo em eleição e que era necessário esperar a consolidação das candidaturas. “Sei que tenho índices de aprovação bastante bons pelo que estamos fazendo, ainda mais que enfrentamos um período muito difícil [pandemia]. Vou continuar trabalhando e mostrando o que fiz. Se o eleitor achar que mereço, ganho o voto.

Veja Também