Mendanha diz que não vai responder ataques pessoais

"Mantenho o respeito ao atual e ao ex-governador, entendo as semelhanças que levaram a uma aliança velada entre eles"

Postado em: 11-08-2022 às 08h36
Por: Francisco Costa
"Mantenho o respeito ao atual e ao ex-governador, entendo as semelhanças que levaram a uma aliança velada entre eles" (Foto: Rodrigo Estrela)

O ex-prefeito de Aparecida Gustavo Mendanha (Patriota) afirma que não gastará tempo dos goianos respondendo ataques pessoais em publicação que cita “aliança velada” de Ronaldo Caiado (União Brasil) e Marconi Perillo (PSDB). A posição do candidato ao governo de Goiás vem após fala do prefeito de Minaçu, Carlos Alberto Lereia (PSDB), que declarou apoio à reeleição do governador.

À coluna da Tainá Borela, no Mais Goiás, Lereia disse: “O meu desejo, e lutamos para que isso acontecesse, era a formação de uma ampla frente de oposição em Goiás, mas Gustavo Mendanha atrapalhou isso e foi o responsável pelo fracasso dessa aliança.”

Ainda segundo ele, o ex-governador Marconi Perillo, que optou por disputar o Senado, não impôs nenhum tipo de voto. Sem citar o nome do tucano, Mendanha se manifestou pelas redes sociais, nesta manhã de quinta (11).

Continua após a publicidade

“Mantenho o respeito ao atual e ao ex-governador, entendo as semelhanças que levaram a uma aliança velada entre eles, mas não vou gastar o tempo dos goianos respondendo a ataques pessoais. Minha arena é das propostas. Estou nesse processo para debater o futuro de Goiás”, escreveu no Twitter.

Veja Também