Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Em vídeo, Bolsonaro pede que manifestantes deixem de obstruir rodovias

Gravação foi publicada pelo presidente nas redes sociais

Postado em: 02-11-2022 às 23h30
Por: Luan Monteiro
Imagem Ilustrando a Notícia: Em vídeo, Bolsonaro pede que manifestantes deixem de obstruir rodovias
Gravação foi publicada pelo presidente nas redes sociais. | Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu, em vídeo publicado nas redes sociais, que manifestantes deixem de obstruir rodovias pelo Brasil. Os protestos tiveram início após o resultado do segundo turno das eleições presidenciais, no último domingo (30/10).

“Brasileiros que estão protestando por todo o Brasil: sei que vocês estão chateados, estão tristes, esperavam outra coisa. Eu também. Estou tão chateado e triste como vocês, mas nós temos que ter a cabeça no lugar. Os protestos, as manifestações são muito bem-vindos e fazem parte do jogo democrático. E, ao longo dos anos, muito disso foi feito pelo Brasil, na Esplanada, Copacabana, Paulista, entre tantos e tantos lugares. Mas tem algo que não é legal: o fechamento de rodovias pelo Brasil prejudica o direito de ir e vir das pessoas”, afirmou o presidente.

“Eu quero fazer um apelo a você, desobstrua as rodovias. Isso daí não faz parte, no meu entender, dessas manifestações legítimas. Não vamos perder nós, aqui, a nossa legitimidade”, disse Bolsonaro.

Continua após a publicidade

“O fechamento de rodovias pelo Brasil prejudica o direito de ir e vir das pessoas, está lá na nossa Constituição. E nós sempre estivemos dentro dessas quatro linhas. Eu tenho que respeitar o direito de outras pessoas que estão se movimentando, além de prejuízo a nossa economia”, continuou.

Apoiadores do presidente, que não aceitam o resultado das eleições, bloqueiam rodovias por todo o país. No balanço divulgado pela Policia Rodoviária Federal (PRF), ainda havia 150 bloqueios ativos. A corporação informou que desfez 688 manifestações. Na segunda-feira (31), o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que a corporação e as polícias militares estaduais tomassem as medidas necessárias para desobstruir as vias.

Veja Também