Sábado, 10 de junho de 2023

MDB, a ligação entre Lula e Rio Verde com visita de Jader Barbalho

Ministro das Cidades prestigia prefeito do MDB para lançar modelo inovador do Minha Casa, Minha Vida

Postado em: 24-03-2023 às 07h42
Por: Yago Sales
Ministro das Cidades prestigia prefeito do MDB para lançar modelo inovador do Minha Casa, Minha Vida | Foto: Reprodução

Rio Verde, município do Sudoeste goiano, ficou agitado nesta quinta-feira (23) com a visita do ministro das Cidades, Jader Barbalho. A missão: dar start às construções de casas e apartamentos pelo Minha Casa, Minha Vida, um dos programa-chave do governo do petista Luiz Inácio Lula da Silva. 

Embora a presença do governador Ronaldo Caiado (União Brasil) fosse esperada, ele pediu que o vice-governador Daniel Vilela (MDB) o representasse no evento em que o ministro assinou ordem de serviço de construção de casas populares. 

Daniel, claro, foi até lá e apareceu animado ao lado do ministro e do prefeito da cidade, Paulo do Vale, ambos do MDB – do qual Vilela é presidente estadual. Entusiasmado, Daniel comentou: “Goiás terá moradia popular com a menor parcela do Brasil”. 

Continua após a publicidade

Como a reportagem do jornal O Hoje trouxe na edição de quinta-feira, a visita do ministro e colega de legenda do vice-governador, pretende construir 224 casas em Rio Verde. A ação faz parte do recém-criado programa Minha Casa, Minha Vida, do governo petista, sob o monitoramento do ministro emedebista. 

Daniel Vilela explicou que a prestação de baixo valor será possível graças ao subsídio pago pelo Governo de Goiás, por meio do Programa Pra Ter Onde Morar, que é de R$ 42 mil por unidade habitacional, o maior do país. “Graças à prioridade dada pelo governador Ronaldo Caiado, será possível dar dignidade e um lar para as pessoas que não têm”, disse o vice-governador, que representou o chefe do Executivo estadual na assinatura do primeiro contrato do Programa Parcerias, do Ministério das Cidades, com a prefeitura de Rio Verde. 

Estimulado a comentar a visita, o ministro das Cidades Jader Filho destacou que o modelo adotado em Goiás será levado para todo o país. “Na semana passada, recebi o vice-governador em Brasília e ele me pôs em contato com o governador Ronaldo Caiado. Quero dizer que essa parceria com o Governo de Goiás vai resultar em milhares de moradias para os goianos”, assegurou o ministro. 

As moradias em Rio Verde estão sendo erguidas em uma área doada pela prefeitura, que também fornecerá a infraestrutura para as obras. “Parcerias como essa dão a possibilidade de atender mais famílias no país, porque quando há a junção de esforços entre União, Estado e Municípios, as obras ficam mais baratas e, com isso, dá para levar para outros municípios que também necessitam”, justificou o ministro. 

A documentação da prefeitura de Rio Verde, disponibilizando a área e infraestrutura para construção das moradias, estava parada no ministério há mais de um ano. “Em menos de 30 dias da visita do prefeito Paulo do Vale, estamos aqui hoje fazendo a liberação de 224 unidades”, comentou o ministro, reafirmando que serão construídas 2 milhões de unidades habitacionais em todo o país. 

O prefeito Paulo do Vale agradeceu o apoio dos governos federal e estadual, que destinarão à iniciativa recursos do FGTS e subsídio do programa Pra Ter Onde Morar. Além do programa estadual, Daniel Vilela destacou a importância da parceria com o Minha Casa, Minha Vida e o governo federal. 

“Em breve estaremos anunciando outros programas do Ministério das Cidades, em parceria com o Governo de Goiás e os prefeitos em outras áreas, como saneamento e mobilidade”, anunciou o vice-governador de Goiás, parabenizando o presidente Lula pela recriação do Minha Casa, Minha Vida.

Além de vereadores da cidade, também participaram do evento a deputada federal Marussa Boldrin (MDB) e o senador Jorge Kajuru (PSB). kajuru que já enviou 34 emendas à cidade, totalizando R$34 milhões para investimento em educação, saúde e à área social.

Veja Também