Segunda-feira, 13 de julho de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

Mesmo com parcerias públicas e privadas, demissões acontecerão, afirma Caiado

Postado em: 25-03-2020 às 12h53
O governador aproveitou a oportunidade para criticar o posicionamento do presidente da república, "É esse o comportamento de um líder?" - Foto: Junior Guimarães

Igor Afonso

Em entrevista coletiva no Palácio das Esmeraldas nesta quarta-feira (25), o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), explicou que mesmo com parcerias entre órgãos públicos e privados, demissões acontecerão no Estado.

“Que nós teremos demissões, teremos. Mas estamos buscando junto ao FCO (fundo constitucional) uma liberação de um crédito mais ágil e mais rápido, o Goiás Fomento está trabalhando nisso. Estamos buscando capital de giro para que essas empresas sobrevivam. Vamos flexibilizar ao máximo”, explicou Caiado sobre as medidas econômicas que estão sendo adotadas para minimizar o impacto da crise. 

Sobre as perdas de arrecadação e o impacto na administração, o governador não falou quais medidas que pretende tomar para sobreviver aos próximos meses.

Ronaldo Caiado fez duas críticas à postura do presidente da República, Jair Bolsonaro, que se pronunciou nesta terça-feira (24) em rede nacional. “Como nós vamos minorar isso? É simplesmente falar ‘existe crise, existe isso, existe aquilo’. Esse é o comportamento de um líder? Eu sou governador, eu sou responsável”. 

O democrata frisou que trabalhará para garantir que possa dar a todos os goianos um atendimento digno e à todas as pessoas de carência que tenha direito a alimentação. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar