Terça-feira, 02 de junho de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

Ministro do STF Marco Aurélio se disse “perplexo” com fala de Weintraub

Postado em: 23-05-2020 às 15h30
O ministro da Educação afirmou, durante reunião ministerial com Bolsonaro, que “por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF” – Foto: Reprodução.

Da Redação

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, afirmou que ficou “perplexo” após assistir o vídeo da reunião do presidente Jair Bolsonaro e ministros de estado. Na gravação, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, falou que “por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF".

Marco Aurélio classificou a reunião como falta de urbanidade. “Fiquei perplexo. O povo não quer 'circo'. Quer saúde, emprego e educação", disse o ministro, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, neste sábado (23).

Ele citou ainda que Weintraub deferia deixar o cargo. "Fosse o presidente (da República), teria um gesto de temperança. Instaria o Ministro da Educação a pedir o boné. Quem sabe?"

Já o relator do inquérito que investiga suposta interferência de Bolsonaro na Polícia Federal (PF), o decano do STF, ministro Celso de Mello, apontou aparente “prática criminosa” do ministro da Educação.

Na decisão, Celso de Mello determinou que os demais colegas da Corte fossem comunicados e que, se quisessem, adotassem medidas. Porém, Marco Aurélio disse que tomará nenhuma providência contra Weintraub. "De forma alguma. Não sou vagabundo. A carapuça passou longe", rebateu o ministro.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar