Plano Diretor de Pirenópolis conclui sua fase de revisão após participação dos habitantes

Postado em: 09-04-2022 às 17h00
Por: Redação
Aspectos socioambientais do município foram avaliados por mais de mil pessoas, o que corresponde a um excelente percentual para a amostragem da pesquisa | Foto: reprodução

Com início no dia 23 de fevereiro, a Pesquisa de Percepção Socioambiental foi um dos primeiros passos da Revisão do Plano Diretor de Pirenópolis e teve como principal objetivo compreender como a população percebe seu espaço, fornecendo subsídios importantes na construção da Lei do Plano Diretor.  “A participação na pesquisa foi disponibilizada por meio de questionário online e, também, por pesquisa de campo; e foi a primeira oportunidade que tivemos enquanto cidadãos de colaborar para o planejamento de nosso município”, explicou o secretário municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, César Augusto Triers.

Segundo o IBGE, a população estimada de Pirenópolis em 2021 era de 25.218 habitantes. “Até o dia do fechamento, no dia 30 de março, obtivemos 1020 respostas, o que dá uma margem de erro de 3%, considerada muito boa”, informou o geógrafo e técnico responsável pela pesquisa e pelo diagnóstico socioeconômico do Plano Diretor, Marcos Borges.  Do público que respondeu a pesquisa, 56,6% se declararam do sexo feminino, 42,5% do masculino, 0,19% transgênero e 0,7% preferiram não dizer. A maior parte dos participantes têm entre 30 e 34 anos (16,18%), seguidos por pessoas entre 35 e 39 (14,39%) e de pessoas entre 25 e 29 anos (12,6%).

A maioria dos participantes declarou ter ensino superior completo (26,0%) e 25,4% recebem entre 1 e 2 salários-mínimos; 77,1% residem permanentemente em Pirenópolis e 62,9% habitam a zona urbana. Entretanto, todos os povoados e a zona rural estão representados na pesquisa.

#Vem300

A atual gestão administrativa da cidade tem motivado as pessoas a refletirem sobre o futuro de Pirenópolis, por meio da campanha #Vem300, inspirada na data vindoura de 7 de outubro de 2027, quando completará 300 anos de história. “Até lá, queremos estar preparados como uma cidade equipada, inteligente e sustentável, e a Revisão do Plano Diretor é o primeiro passo rumo a esse futuro que queremos”, disse o prefeito Nivaldo Melo.

O questionário respondido pelos habitantes da cidade dá as pistas do que precisa ser implementado nos mais variados quesitos: Trânsito, Patrimônio, Saneamento, Infraestrutura, Saúde, Cultura e Lazer, dentre outros. Também aponta as principais oportunidades de acordo com a percepção de seus habitantes. A maioria (25,6%), por exemplo, indica o Turismo como a principal atividade para o desenvolvimento econômico e geração de renda no município. Outros 9,0% acreditam nas indústrias como principal potencial para esse desenvolvimento.

Sobre a Revisão do Plano Diretor

O Plano Diretor é a principal Lei Municipal que define o planejamento e desenvolvimento, a expansão urbana e a gestão municipal, sendo de suma importância para implementar outros instrumentos propostos pelo Estatuto da Cidade. Ele organiza o crescimento e o funcionamento da cidade e planeja o seu futuro.

Em Pirenópolis, a Revisão do Plano Diretor está sendo conduzida pelo ITCO – Instituto de Desenvolvimento Tecnológico do Centro-Oeste, uma entidade civil, científica e cultural sem fins lucrativos com vocação natural para a pesquisa, que tem 18 anos de atuação a serviço do conhecimento científico, cultural, tecnológico e educacional.

“A participação popular é muito importante e será necessária em muitos momentos ao longo do processo. A pesquisa foi o primeiro passo nesse sentido”, explicou César Triers. Todas as atividades pertinentes à Revisão do Plano Diretor assim como os documentos e informações afins podem ser acompanhadas pelo site www.pirenopolis.go.gov.br/plano-diretor/.

Compartilhe: