Operação da Prefeitura já tapo mais de 400 mil buracos

Postado em: 16-06-2022 às 08h04
Por: Daniell Alves
Cerca de 77% do cronograma inicial do projeto 630, de reconstrução asfáltica, já foi concluído | Foto: Reprodução

A operação tapa-buracos, da Prefeitura de Goiânia, já tapou mais de 400 mil buracos desde o ano de 2020. Até maio deste ano, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) tapou 88.940 buracos, em mais de 220 vias de 117 bairros da Capital. Para o serviço, foram produzidas cerca de 6,8 mil toneladas de massa asfáltica na Usina de Asfalto da prefeitura.

Já entre janeiro e março de 2020, antes do início do Projeto 630, a Seinfra tapou 126.598 mil buracos e, durante todo o ano de 2020, foram 222.913 no total. Em 2021, foram tapados cerca de 123 mil buracos. “Certamente, neste ano teremos menos buracos para tapar. O Projeto 630, que vai atingir 111 bairros, já está com 76% das atividades concluídas, o que representa 5.652.364,86 metros quadrados de asfaltos novos executados”, detalha o titular da Seinfra, engenheiro Everton Schmaltz.

Para colocar em prática esses números, a Seinfra destaca cerca de 100 servidores para trabalhar, todos os dias, em 14 bairros, durante a semana. Aos finais de semana, o serviço é feito com equipes de plantão, para atender a demandas que chegam até o órgão via solicitações da população, por meio dos canais de comunicação da prefeitura e imprensa.

A operação tapa-buracos é realizada diariamente em Goiânia, e os trabalhos são intensificados no período de chuvas, que provocam transtornos nas vias, e prejudicam o bom desenvolvimento e segurança do trânsito. “Com o avanço do Projeto 630, de reconstrução asfáltica, muitas vias que antes estavam em situação crítica, hoje estão em ótimo estado de tráfego, o que diminui, a cada dia, a necessidade de novas operações tapa-buracos”, explica Everton. 

Bairros atendidos

No último dia 13, foram realizados serviços de infraestrutura em mais de 10 bairros da Capital nos setores Central, Moinho dos Ventos, Sudoeste, Novo Mundo, Bueno, Jardim Santo Antônio, Finsocial, Jardim Clarissa, Residencial Orlando de Morais, Guanabara, Progresso, Parque Santa Rita e Tropical Verde.

Servidores atuaram na limpeza de bocas de lobo no Parque das Laranjeiras, Setor Sul, Centro, Marista, Campinas, Centro Oeste, Guanabara, Leste Universitário e Novo Mundo, e na construção de boca de lobo na Rua CP-08, no Setor Carolina Parque. Já a equipe que cuida da iluminação da capital está presente no bairro Cidade Jardim e em setores que necessitam dos serviços, de acordo com as solicitações da população.

Entre as atividades destacam-se, ainda, a construção de calçada na Rua 117, no Leste Universitário, recuperação de calçada no Residencial João Paulo II e rebaixamento de calçada e meio-fio para rampa de acessibilidade nas ruas SB-08, SB-09 e SB-10, no Residencial Solar Bougainville.

Iluminação 

Os profissionais especializados são designados diariamente para fazer a troca de lâmpadas e luminárias danificadas, reposição de material roubado, manutenção no comando elétrico, reparo em fiação rompida, aterramento de poste e implantação de novos pontos de iluminação na cidade.

Com 179.042 pontos luminosos instalados em Goiânia, a Seinfra recebeu, entre janeiro e maio, 23.412 solicitações de serviços e atendeu 21.465 pedidos. “Nesse mesmo período, foram instalados 1.485 novos pontos de iluminação na capital, além de construídos 4.080 metros de rede aérea de baixa tensão para instalação de luminárias e 2.912 metros de rede subterrânea de baixa tensão para instalação de luminárias”, informa a pasta. 

Balanço divulgado pela pasta mostra que 77% do cronograma inicial do projeto 630, de reconstrução asfáltica, já foi concluído. As obras de pavimentação já chegaram a 89 bairros, o que se traduz em 526 vias finalizadas e 5 milhões de metros quadrados de asfalto novo. Somente nos últimos seis meses, 274 vias, em 49 bairros, foram beneficiadas. Também houve avanços nos serviços de iluminação pública, tapa-buracos, limpeza de bocas de lobo, drenagem e trânsito.

Limpeza será realizada nos Córregos Botafogo, Cascavel e Capim Puba

A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), executa limpeza dos leitos e margens dos córregos Botafogo, Cascavel e Capim Puba até sexta-feira (17). De acordo com a pasta, o objetivo é prevenir alagamentos, melhorar o fluxo de águas e evitar proliferação de doenças causadas pelo acúmulo de resíduos.

A programação envolve 30 servidores operacionais, que retiram entulhos e galhadas dos leitos e fazem a roçagem e poda do mato nas margens. As atividades foram iniciadas nos córregos Botafogo, no Setor Pedro Ludovico, e Cascavel, no Jardim América. Na quarta-feira (15), foram direcionados para o Capim Puba, no Setor dos Funcionários, onde permanecerão até sexta-feira. 

Segundo a Comurg, nos últimos 20 dias, equipes limparam mais de 300 mil metros quadrados de leito dos mananciais. Trechos urbanos dos córregos Taquaral, Anicuns, Água Branca e a lagoa do Setor Jaó receberam os serviços da companhia.

Em Goiânia, há 85 cursos d’água que, periodicamente, passam por ações de limpeza. Os córregos Cascavel, Capim Puba e Anicuns estão entre os pontos que demandam atenção e, por isso, recebem com frequência as equipes de limpeza. “Jogar entulhos em áreas ambientais é proibido, e o cidadão está sujeito a multas”, ressalta o presidente da Comurg, Alisson Borges.

A Companhia disponibiliza quatro ecopontos para o descarte correto de entulhos, recicláveis, óleo de cozinha e demais resíduos, além do serviço gratuito do Cata-Treco. “Reforçamos a limpeza nos mananciais com o objetivo de eliminar criadouros do mosquito da dengue, preservar o meio ambiente e garantir mais qualidade de vida aos moradores das regiões próximas aos córregos”, afirma Alisson. Para solicitar o serviço e conferir os endereços, basta acessar o aplicativo Prefeitura 24h, WhatsApp (62) 98596-8555 e teleatendimento (62) 3524-8555. (Especial para O Hoje).

Compartilhe: