Sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Contra a Polônia, França inicia caminhada no mata-mata da Copa do Mundo

A partida entre as duas seleções europeias será realizada às 12h (de Brasília), no Al Thumama Stadium, na cidade de Doha

Postado em: 04-12-2022 às 09h30
Por: Breno Modesto
Atual campeã, a França tenta eliminar a Polônia para avançar às quartas de final da Copa do Mundo | Foto: Simon Morcel/FFF

Abrindo o segundo dia da fase mata-mata da Copa do Mundo de 2022, a França, atual campeã, enfrenta a Polônia, que terminou a fase de grupos na vice-liderança do Grupo C. A partida entre as duas seleções europeias será realizada às 12h (de Brasília), no Al Thumama Stadium, na cidade de Doha.

O duelo coloca frente a frente dois dos melhores atacantes da atualidade. Do lado francês, Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain. Do lado polonês, Robert Lewandowski, do Barcelona. Juntos, os dois somam 37 gols e nove assistências neste início de temporada no futebol europeu.

Depois de uma atuação abaixo da média na derrota contra a Tunísia, onde atuou com um time reserva, a França voltará a utilizar o que tem de melhor para este Mundial. Por conta disso, os franceses entram em campo como favoritos à classificação. No entanto, a Polônia tentará repetir um feito de 40 anos atrás. Na Copa do Mundo de 1982, disputada na Espanha, os poloneses bateram os franceses por 3 a 2, na disputa do terceiro lugar. O jogo é o único da história entre as seleções em uma edição do torneio.

Continua após a publicidade

Inglaterra x Senegal

Além de França e Polônia, outra partida que acontece neste domingo (4) é o duelo entre Inglaterra, que foi a melhor seleção da fase de grupos, e Senegal, segundo colocado no Grupo A, que se enfrentarão às 16h (de Brasília), no Al Bayt Stadium, localizado na cidade de Al Khor.

Para o confronto, é certo que o treinador inglês, Gareth Southgate, não contará com a presença do zagueiro Ben White, que deixou a concentração da equipe, na última quarta-feira (30), e não atuará mais na Copa do Mundo. A informação foi confirmada pela própria seleção inglesa, que emitiu uma nota oficial para comunicar a decisão do atleta.

No comunicado, a assessoria de imprensa da Inglaterra afirmou que White “retornou para casa por razões pessoais”. Além disso, os ingleses pediram que “a privacidade do jogador seja respeitada no momento”. Na fase de grupos, o zagueiro não chegou a atuar em nenhum dos três jogos da seleção inglesa, mas foi relacionado para a partida contra os Estados Unidos.

Buscando surpreender a Inglaterra, que é apontada como a favorita à classificação às quartas, os senegaleses devem adotar uma postura mais defensiva, buscando levar vantagem nos contra-ataques, principalmente com o trio Ismaïla Sarr, Iliman Ndiaye e Boulaye Dia.

Mesmo sem o atacante Sadio Mané, que é o principal jogador do país, Senegal vai a campo para tentar repetir um feito que aconteceu há 20 anos. Na Copa do Mundo de 2002, disputada na Coreia do Sul e no Japão, os africanos foram até as quartas de finais, onde foram eliminados pela Turquia. Até hoje, é a melhor participação senegalesa na história do torneio.

Veja Também