Atlético Goianiense vence o Red Bull Bragantino e encerra sequência negativa no Brasileirão

Depois de sete rodadas, o Atlético Goianiense voltou a vencer no Campeonato Brasileiro

Postado em: 06-08-2022 às 21h00
Por: Breno Modesto
No Estádio Antônio Accioly, o Atlético Goianiense derrotou o Red Bull Bragantino por 2 a 1 | Foto: Isabela Azine

Depois de sete rodadas, o Atlético Goianiense voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Jogando no Estádio Antônio Accioly, o time comandado pelo técnico Jorginho derrotou o Red Bull Bragantino por 2 a 1, na noite deste sábado (6). Marlon Freitas e Churín fizeram os gols que garantiram o resultado positivo ao Rubro-Negro.

Com os três pontos conquistados, o Dragão chegou aos 20 e subiu para a décima oitava posição na tabela de classificação, ultrapassando o Fortaleza, que ainda jogará na rodada. O próximo compromisso do time goiano será pela Copa Sul-Americana. Na terça-feira (9), às 19h15, os comandados de Jorginho recebem o Nacional, do Uruguai, no Serra Dourada, pela volta das quartas do torneio internacional.

O jogo

Continua após a publicidade

A partida começou com o Atlético Goianiense buscando o ataque desde os primeiros minutos. No entanto, a posse de bola rubro-negra não se concretizava em chances reais de gol. Antes dos 10 minutos, o Dragão havia chegado três vezes à área do Red Bull Bragantino. Mas, em nenhuma das vezes, conseguiu chutar e levar perigo a Cleiton.

O Massa Bruta respondeu conseguiu chegar apenas no fim da primeira etapa, com Jan Hurtado. Depois de receber de Artur, o atacante venezuelano partiu em velocidade e arriscou o chute, que carimbou o travessão de Renan. Ainda antes do intervalo, o Dragão chegou com Marlon Freitas. Na marca de 45 minutos, após falta cobrada na área, o capitão atleticano cabeceou e viu a bola passar ao lado da meta paulista.

Na segunda parte, o Atlético Goianiense voltou com tudo e foi para cima do Red Bull Bragantino. Antes do primeiro minuto ser completado, Wellington Rato fez com que Cleiton trabalhasse pela primeira vez no segundo tempo. Depois de um cruzamento de Airton, Peglow ajeitou para o camisa 10, que encheu o pé, buscando o canto. Bem colocado, o arqueiro do Massa Bruta evitou o gol.

O Rubro-Negro seguiu pressionando e, logo aos seis minutos, conseguiu abrir o placar. Marlon Freitas recebeu na intermediária e, de onde estava, mandou um balaço, que tocou no travessão e foi morrer no fundo do gol de Cleiton, que até tentou, mas não conseguiu evitar o tento rubro-negro. O segundo sairia pouco tempo depois. Aos 20, depois de escanteio pela esquerda, Churín apareceu no meio da área para tocar de cabeça e ampliar a vantagem do Atlético.

Quando a vitória parecia estar garantida, o Red Bull Bragantino descontou e colocou fogo na partida. Na marca de 40, Ramon cruzou na área, Carlos Eduardo disputou a bola com a marcação e, depois de um desviou, Luan Cândido aproveitou a sobra e mandou para o gol, diminuindo o placar. O tento fez com que o Red Bull Bragantino se animasse. No entanto, o resultado foi mesmo o 2 a 1.

Ficha técnica
Atlético-GO 2×1 Red Bull Bragantino

Data: 6 de agosto de 2022
Horário: 19h
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Gols: Marlon Freitas (6’/2T) e Churín (14’/2T) – ACG; Luan Cândido (40’/2T) – RBB

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (Fifa/RJ) e Luanderson Lima dos Santos (BA)
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Atlético-GO: Renan; Dudu, Wanderson, Lucas Gazal e Jefferson (Arthur Henrique); Willian Maranhão (Edson Fernando), Marlon Freitas e Wellington Rato; Airton (Kelvin), Ricardinho (Churín) e Peglow (Rhaldney).
Técnico:

Red Bull Bragantino: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Natan e Luan Cândido; Raul (Ramon), Lucas Evangelista (Eric Ramires) e Praxedes (Sorriso); Artur, Jan Hurtado (Hyoran) e Helinho (Carlos Eduardo).
Técnico: Maurício Barbieri

Veja Também