O atleta paralímpico João Saci vai ao ‘Papo Xadrez’

Postado em: 13-06-2022 às 09h42
Por: Redação
João Saci compartilha suas conquistas e superações na luta contra o câncer | Foto: Divulgação

Guilherme de Andrade

Hoje (13), às 19h vai ao ar a décima sétima transmissão ao vivo do podcast ‘Papo Xadrez’. O
convidado da vez é o atleta paralímpico João Carlos Rodovalho Costa, o ‘João Saci’. Com uma
perna amputada e um pulmão retirado por conta de sua luta contra o câncer, o atleta não se
deixou parar e alcançou a base do monte Everest. João se mostra como exemplo de
superação, já que a doença que faria muitos pararem se tornou motivação para ele.

O atleta conta que faz mais de 20 anos que precisou fazer uma amputação por conta de um
câncer no joelho, que começou quando ele tinha 17 anos. Hoje, com quase 40 anos de idade, o
‘Saci’ já lutou contra a doença por cinco vezes. Depois de muita provação ele conta que “o 1°
câncer foi difícil, o 2° o pior de todos, no 3° já sabia o que fazer, no 4° fazer sacrifícios era
normal, e o 5° o mais rápido”. João encontrou no esporte uma forma de ir além das limitações
impostas pela doença.


Em remissão há quase seis anos, o atleta hoje é símbolo de superação. Atualmente, ele dá
palestras em todo o País contando de suas motivações e experiências. São sete anos com o
crossfit, 14 anos na natação, além de musculação e fisioterapia constantes para manter o
ritmo atlético de ‘João Saci’. Além de alcançar a base do Everest, o atleta acumula conquistas:
medalhas em natação, levantamento de peso e corridas se tornaram recorrentes na vida de
João.


Nos últimos episódios


O ‘Papo Xadrez’ alcança sua décima sétima edição com o atleta João Carlos Rodovalho Costa,
conhecido como ‘João Saci’. O paralímpico que alcançou a base do monte Everest tendo
apenas uma perna e um pulmão é apenas uma das histórias contadas no podcast. Da estilista
Juliana Santos que se tornou a ‘fada madrinha das noivas’, até a lutadora Sarah Frota que ficou
conhecida como ‘A Treta’: o programa traz vivências envolventes e plurais.
No último episódio, esteve à frente dos apresentadores Felipe e Yago, o tatuador Jander
Rodrigues. O profissional goiano compartilhou um pouco de seus mais de vinte anos de
carreira com a tatuagem. Do início dessa trajetória, com Jander recém-saído de sua cidade
natal, Quirinópolis, à posição consolidada de mestre do estilo ‘preto e cinza’: nada fica de fora
do ‘Papo Xadrez’. Esse e todos os outros episódios do podcast seguem disponíveis na íntegra
pelo canal YouTube ‘Papo Xadrez’.

Compartilhe: