Marconi participa de seminário do LIDE em Buenos Aires

Ele acompanha o presidente do LIDE e prefeito eleito de São Paulo, João Dória, em seminário que discutirá ações bilaterais entre Brasil e Argentina. Agenda vai até sábado.

Postado em: 13-10-2016 às 18h25
Por: Toni Nascimento
Ele acompanha o presidente do LIDE e prefeito eleito de São Paulo, João Dória, em seminário que discutirá ações bilaterais entre Brasil e Argentina. Agenda vai até sábado.


O governador Marconi Perillo cumpre de hoje, quinta-feira (13), até sábado (15) na Argentina, em Buenos Aires, agenda que prevê a sua participação no seminário internacional do Grupo de Líderes Empresariais (LIDE), cujo tema é “Ações Bilaterais Brasil/Argentina”.

Ele acompanha o presidente do LIDE, o prefeito eleito de São Paulo, João Dória, e o economista Pérsio Arida (ex-presidente do Banco Central). Na comitiva estão também senadores, deputados federais, empresários, o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil), e secretários do governo federal.

A primeira noite é marcada pelo encontro com membros da empresa Roldão Atacadista e depois por uma reunião com representantes do Mercosul. Na sexta-feira (14) integra o seminário da LIDE que discutirá as ações bilaterais entre Brasil e Argentina, no Alvear Palace Hotel.

Continua após a publicidade

O evento começa às 9 horas e tem previsão de encerramento às 13 horas. Marconi estará acompanhado de mais de 20 expositores. Da Argentina, estarão presentes ministros, secretários de governo, empresários, uma senadora e uma deputada.

O seminário será dividido em dois painéis: “A nova face da América do Sul” e a “Integração Brasil e Argentina no contexto do Mercosul”. Durante o seminário está prevista a assinatura de um acordo de cooperação entre a Agência Argentina de Investimentos e Comércio Internacional e a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade.

Após o seminário, a comitiva se reunirá com representantes das empresas Omint e BASF. No sábado, o grupo encerra a agenda em reunião com empresários.
 
(Com informações do Governo de Goiás)
 

Veja Também