Antivax e racismo: quem são os atores da Marvel que já se envolveram em grandes polêmicas

As acusações são diversas e existem pedições para que esses atores sejam substituídos

Postado em: 16-03-2022 às 11h37
Por: Iara Godoi
As acusações são diversas e existem pedições para que esses atores sejam substituídos | Foto: Disney / Marvel Studios

A Marvel hoje é uma das maiores empresas de entretenimento do mundo. Quando o assunto é bilheteria, a franquia de cinema do universo Marvel é a mais lucrativa de todos os tempos. E com grandes poderes, além de grandes responsabilidades, podem surgir grandes problemas.

Grandes estrelas de Hollywood dão vida aos personagens dos quadrinhos, porém vários dos atores contratados para grandes papéis acabam se envolvendo em grandes polêmicas na internet. Conheça alguns dos casos:

Antivacinas

Continua após a publicidade

Duas grandes atrizes, Letitia Wright (Pantera Negra) e Evangeline Lilly (Homem-Formiga e Vespa) se envolveram em polêmicas em torno da vacinação contra a Covid-19.

Letitia estaria causando diversos atrasos na produção da continuação do filme Pantera Negra, por recusar a se vacinar, e postou um vídeo em suas redes sociais questionando a eficácia do imunizante. “Minha intenção não foi machucar ninguém, mas postei o vídeo porque me preocupo com o que há na vacina e o que estamos colocando em nossos corpos”, declara a atriz.

Evangeline também se manifestou nas redes sociais contra a vacinação obrigatória e contra as restrições impostas para a redução de casos de Covid-19.  “Ninguém nunca deveria ser forçado a injetar nada em seu corpo, contra sua vontade, sob ameaças” comentou a atriz.

Racismo

As atrizes Elizabeth Olsen (WandaVision), Scarlett Johansson (Viúva Negra), e Sebastian Stan (Capitão América 2: O Soldado Invernal) foram acusadas de racismo pela internet.

Elizabeth foi cancelada na internet por não prestar homenagem ao ator Chadwick Boseman, que faleceu em agosto de 2020. Após a cobrança dos fãs, a atriz desativou sua conta. A atriz também foi acusada de racismo após usar o termo “cigana” ao citar a personagem Wanda, um termo ofensivo para o povo Romani.

Scarlett Johansson foi acusada de racismo após interpretar a protagonista do filme “Ghost in the Shell”, uma adaptação do filme animado japonês com o mesmo nome. A escalação da atriz para o Live Action foi considerada “whitewashing” (quando uma pessoa branca interpreta um papel originalmente de outra etnia), pois a personagem da animação é originalmente asiática.

O ator Sebastian também foi cancelado na internet após curtir uma postagem onde era defendido o uso da “N-word”, um termo considerado racista.

Violência

Jeremy Renner (Gavião Arqueiro) e Paul Bettany (WandaVision) foram acusados de comportamentos agressivos, machismo e violência doméstica. 

Jeremy foi acusado pela ex-mulher, Sonni Pacheco, de ser violento e abusar do uso de drogas. A ex-mulher do ator afirmou que ele chegou a ameaçá-la de morte. O comportamento agressivo também atingia a filha de Jeremy, que, de acordo com os relatos da Sonni, chegou a morder a própria filha. Além da violência, o ator também é acusado de machismo por comentários feitos em suas redes sociais e entrevistas.

Paul se envolveu em acusações de violência após a exposição de mensagens de texto durante o julgamento do ator Jhonny Deep, conhecido por protagonizar os filmes da franquia Piratas do Caribe. “Não tenho certeza se devemos queimar a Amber. Ela é uma companhia agradável e bonita aos olhos. Nós poderíamos, claro, fazer como os ingleses e realizar um teste de afogamento. O que acha? Você tem uma piscina.” comentou Paul, citando nas mensagens a sua ex-mulher, Amber. A ex-mulher também o acusou de ser agressivo durante o tempo que estiveram juntos.

Outros casos

O ator Chris Pratt (Guardiões da Galáxia) também se envolveu em uma polêmica, após agradecer a atual esposa nas redes sociais por ter dado a ele uma filha “linda e saudável”. O comentário levantou polêmica pois o ator tem um filho com sua ex-mulher que nasceu com vários problemas de saúde.

Veja Também