13 de dezembro de 2017 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cultura
Destinos
11/08/2017 | 10h40
Goiás ganha novo mapa Turístico
Para ser incluído no Mapa Turístico, o município precisa seguir as regras estabelecidas pelo Ministério do Turismo

Saiu o novo Mapa Turístico de Goiás, 34 cidades entraram na lista pela primeira vez ou voltaram a fazer parte dela. Ao todo são 83 destinos em dez Regiões Turísticas para se explorar em todo o estado de Goiás. Segundo o Ministério do Turismo o catálogo é um instrumento que orienta a atuação dos órgãos oficiais da área nos estados e do Ministério do Turismo no desenvolvimento de políticas públicas.

O documento é construído em conjunto com outros estados brasileiros, e tem como foco a estruturação, a gestão e a promoção do setor de forma regionalizada e descentralizada. O catálogo foi construído por regiões, apresentando 10 regiões típicas do estado. 

Para ser incluído no Mapa Turístico, o município precisa seguir as regras estabelecidas pelo Ministério do Turismo. É exigido que a cidade tenha uma pasta de turismo, dotação de verba específica no orçamento anual, apresentação do Termo de Compromisso assinado pelo prefeito ou dirigente responsável pelo setor, além de aderir ao Programa de Regionalização do Turismo e à Região Turística.

A previsão é de que a atualização da ferramenta seja feita a cada dois anos, respeitando o primeiro ano de mandato dos prefeitos e dos governadores. De acordo com o Ministério do Turismo, a ideia é que os gestores municipais e estaduais tenham um instrumento que retrate corretamente a sua realidade e que possibilite, dessa maneira, a gestão correta do turismo na região. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)