Quarta-feira, 17 de julho de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

JUGs: porta de entrada para a profissionalização do esporte

Postado em: 15-04-2019 as 10h00
Atleta de taekwondo e goleiro de futebol são exemplos

Da Redação

Os Jogos Universitários do Estado de Goiás (JUGs) estão em sua 55ª edição em 2019, as disputas em território goiano são a porta de entrada para grandes competições para os atletas locais. Entre eles, Leonardo Gomes, duas vezes ouro no Pan-Americano (2004 e 2006) e bronze no Pan-Americano do Rio, em 2007.

Leonardo, 35 anos, começou no taekwondo ainda menino, com 11 anos, mas apenas com as disputas universitárias pode participar competições internacionais. “O JUGs foi a base e me permitiu acesso às competições universitárias, onde me deparei pela primeira vez com atletas olímpicos, que são extremamente fortes”, revela.

Leonardo participou de quatro edições dos JUGs- três no taekwondo e uma no salto em altura. “Em 2010, migrei para o atletismo e conquistei bronze nos Jogos”, brinca.

Para o atleta que tem no currículo 23 competições internacionais e 19 medalhas, os JUGs sempre foram importantes já que por meio dele tinha acesso a mais competições. “Devido os desporto universitário passei três meses na Coréia. Fora do país o esporte é prioridade nas universidades”, fala.

Ainda no histórico de 21 anos com o taekwondo, Leonardo soma dez anos como atleta da Seleção Brasileira, outro nos Jogos Mundiais Militares (2011), Campeão nos jogos Sul-Americano Universitário, vice no campeonato universitário de 2014 e bronze no Campeonato Mundial de 2006, na Espanha. Hoje, aos 35 anos, Leonardo treina apenas como diversão. As diversas cirurgias no joelho o tiraram do tatame para competir.

Já nos campos, Lauro José de Araújo Filho, 41 anos, hoje é treinador de goleiros do Vila Nova. Mas se destacou na carreira e conseguiu vaga no futebol profissional depois de conquistar o bronze no Univesíade em 1999, em Palma de Mallorca, na Espanha. Ele participou de cinco edições dos Jogos.

“Em 1999, era estudante e jogava no juniores do Goiás. Participei do Campeonato Brasileiro Universitário e fui chamado para compor a seleção brasileira universitária”. Na Espanha, Lauro e a equipe conquistaram a terceira colocação. “Chegando a Goiânia ganhei destaque na imprensa e, com isso, foi para o profissional. O esporte universitário foi fundamental para o meu crescimento como jogador”, revela.

Histórico

Nesses 55 anos, os JUGs já foram realizados em diversos municípios, como Goiânia, Anápolis, Itumbiara e Rio Verde. E reuniu atletas de universidades de todo o Estado. Nesta gestão da Federação Goiana do Desporto Universitário (FGDU), os jogos foram para o interior.

Para o presidente da FGDU, Lusimar Santos, a interiorização do desporto universitário consente um bom formato das disputas, além de permitir a convivência dos estudantes. “É um momento de congraçamento e união dos atletas de universidades de todo o Estado”, afirma. 

Edição 2019

Os JUGs 2019 serão realizados em Rio Verde entre os dias 17 e 21 de abril.  Serão disputadas no município do sudoeste goiano partidas de vôlei de areia, futvôlei, futsal, handebol, basquete, voleibol, rugby nas modalidades masculinas e femininas.

Para esta etapa dos JUGs vão participar mais de 600 alunos atletas de 14 universidades goianas. O evento é realizado pela Federação Goiana de Desportos Universitários (FGDU), com apoio da Prefeitura de Rio Verde, por meio da Secretaria de Esportes, CBDU, Universidade de Rio Verde (Unirv), Super Bolla e Câmara Municipal de Rio Verde.

Os classificados nesta etapa vão disputar no mês de agosto, em Vitória (ES), a Conferência Central dos Jogos Universitários Brasileiros de Quadras, no qual estarão as principais equipes do Mato Grosso, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Distrito Federal, Minas Gerais e Goiás. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja buscar