Quinta-feira, 06 de agosto de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Contratação de Jean repercute de maneira negativa entre torcedoras do Atlético

Postado em: 15-01-2020 às 08h15
Reforço rubro-negro ainda não estreou e foi o motivo de reclamações e protestos nas redes sociais do Atlético Goianiense| Foto: Divulgação/ Paulo Marcos/ACG

Felipe André

A contratação do goleiro Jean pegou a muitos torcedores do Atlético Goianiense de surpresa. O atleta foi emprestado por uma temporada pelo São Paulo e já treina com os novos companheiros, mas enquanto isso tem um processo ainda em julgamento nos Estados Unidos, após ter sido acusado de agredir a esposa enquanto o casal passava férias, com as filhas, em Orlando, na Flórida.

A chegada do novo reforço, tanto como o anúncio do presidente Adson Batista, se tornou alvo de críticas na imprensa e nas redes sociais. Além de programas esportivos em canais focados em esporte como o SporTV, ESPN e Fox Sports, quanto nos comentários nas redes sociais oficial do clube goiano e principalmente de torcedoras do Atlético Goianiense.

“Comecei a gostar de futebol através do meu avô que era atleticano. Conhecendo a filosofia do clube da família que o Atlético preza, nunca passou pela minha cabeça que o Jean seria uma contratação plausível. É de entristecer ainda mais uma torcedora mulher depois do que ele fez e por estar com o processo em andamento nos Estados Unidos. Até quando as pessoas vão ficar menosprezando as mulheres, vão ignorar os crimes que acontecem e até quando as decisões dos homens vão passar sem punição e tudo o que eles fazem seguem sendo esquecido”, ressaltou Maria Luísa Araki, jornalista de 20 anos.

“Como torcedora do Atlético desde pequena, ontem foi a primeira vez que me senti envergonhada por torcer por esse time. Não gostei nenhum pouco dessa contratação e acho que manchou o nome do clube nacionalmente. O Atlético tem o lema de ser o clube da família, porém acabou contratando um jogador que não preza pela sua própria família”, afirmou uma torcedora que pediu para não ser revelada.

Apesar das críticas, Adson Batista já havia mostrado que não iria levar em consideração e fez um pedido aos torcedores. “Não estou preocupado com isso [resposta negativa]. As pessoas precisam aguardar a justiça de fazer o papel dela. As pessoas querem ver sangue, precisam parar de julgar, só querem ver sangue e ficam felizes com isso, eu não fico. Eu vi um jogador de alto nível que precisa recuperar a carreira dele. O Atlético entende que ele vai nos ajudar muito, que é um ser racional e que não vá cometer esses equívocos, se cometer não tem como ficar no Atlético. O clube entende os torcedores, mas que eles entendam que é o nosso perfil de recuperar o atleta, nós precisamos ser humanos. As mulheres são importantíssimas na minha vida, a mais admirável nesse mundo”.

Apresentação

Seguindo a determinação da justiça, o goleiro Jean não pode se pronunciar até o dia 21 deste mês. Com isso o atleta ainda não tem uma data para ser apresentado de maneira oficial e deve ser um dos últimos. O clube segue um cronograma de apresentações e Jean não está no topo dessa lista.

Por se apresentar alguns dias depois no Atlético Goianiense, o atleta ainda busca o condicionamento físico ideal. Dificilmente Jean estará liberado pelo departamento médico para a primeira rodada do Campeonato Goiano e vai precisar de mais algumas semanas para estar liberado para a comissão técnica do rubro-negro. (Especial para O Hoje) 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar