Terça-feira, 14 de julho de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Eder elogia chegada de reforços e de Vagner Mancini

Postado em: 29-06-2020 às 11h02
Zagueiro disputou quatro partidas nesta temporada, mas celebrou a competição no grupo - Foto: Paulo Marcos/ACG

Felipe André

A semana do Atlético Goianiense promete novidades no elenco. O rubro-negro além de contar com a chegada do treinador Vagner Mancini, vai contar também com dois novos reforços, o zagueiro João Victor, que será emprestado pelo Corinthians, após passagem pelo Inter de Limeira e o meio-campista Matheus Frizzo, emprestado pelo Grêmio, ambos possuem 21 anos e realizaram exames médicos ontem, em Goiânia.

Vagner Mancini é esperado na capital goiana amanhã (1) para se apresentar ao elenco e iniciar os trabalhos. O comandante que realizou o último trabalho no Atlético Mineiro, na reta final de 2019, já elogiou o Atlético desde quando foi anunciado oficialmente na última semana e vai ter um elenco que está a quase um mês treinando, mais do que muitos clubes da primeira divisão.

“Eu vejo com bons olhos (a chegada dos reforços), o grupo precisa de qualidade e de um treinador que tenha o modelo de jogo bem definido, e só vem (Vagner) para agregar valores ao Atlético. Sabemos dos nossos objetivos dentro da competição e para isso temos que ter um treinador e peças qualificadas. Eles chegam sabendo dos objetivos, o grupo vai acolher eles bem e tem tudo para dar certo, esperamos dar continuidade e vencer muitas partidas na Série A para conquistar a permanência”, destacou Eder.

O zagueiro, que estava no Sport no último ano, disputou apenas quatro partidas nesta temporada com a camisa do Atlético Goianiense. Apesar de não ser titular e ser a primeira opção no banco para substituir os titulares, Gilvan e Oliveira, Eder disse estar contente com a chegada de mais um zagueiro, João Victor, para elevar a disputa entre eles. Além dos quatro nomes, Michel e Danilo que são da categoria de base completam as opções para a zaga.

“O elenco precisa estar sempre qualificado, independentemente da idade, pois isso não vai entrar em campo para fazer a diferença, é principalmente a questão do compromisso com o clube. Sabemos da qualidade de todos (os zagueiros), só tem vaga para dois, mas é uma briga sadia. Prefiro que tenha essa briga, que não me deixa ficar acomodado, do que eu saber que não tem ninguém na minha sombra. Quem chegar, que chegue para somar, sabendo que temos objetivos maiores, muito compromisso e que seja uma briga boa, quem jogar com certeza vai fazer o melhor para ajudar a equipe”, completou Eder.  

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar