Por que é importante discutir educação ambiental durante o período sem chuvas

Campanhas de conscientização do consumo moderado dos recursos hídricos são promovidos nessa época, para que a população evite o desabastecimento de água durante o período de estiagem

Postado em: 15-08-2022 às 08h26
Por: Rodrigo Melo
Campanhas de conscientização do consumo moderado dos recursos hídricos são promovidos nessa época, para que a população evite o desabastecimento de água durante o período de estiagem | Foto: Saneago

O inverno no Cerrado é também reconhecido como período de estiagem e a falta de chuvas pode afetar a vazão nas bacias hidrológicas em todo o Estado. Por isso, é importante reforçar as ações de conscientização da população quanto ao uso consciente da água, destacando que é necessário cuidar do recurso desde a nascente, que é a origem de onde vem a água, até o consumo, nas torneiras dentro das residências.

Leia também: Lei é sancionada para construção de barragens no Rio Meia Ponte

A Saneago retomou, neste ano, as atividades presenciais dos Núcleos de Educação Ambiental Regionais (NEARs), que estavam sendo realizadas em eventos on-line devido à pandemia de Covid-19. Nesse período são realizadas palestras e distribuição de materiais educativos e digitais e os kits de fantoches da campanha publicitária Banja & Sato para as cidades prioritárias em todo Estado. As campanhas contam com a presença dos mascotes da companhia de saneamento.

Continua após a publicidade

As equipes ambientais já distribuíram cartilhas informativas sobre o consumo consciente, e sobre o funcionamento de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Ao todo, 103 localidades atendidas com materiais diversos instrutivos sobre os serviços prestados pela Companhia, e tiveram o compromisso com a preservação do meio ambiente reforçado.

Consumo consciente

Campanhas de conscientização do consumo moderado dos recursos hídricos são promovidos nessa época, para que a população também colabore para evitar o desabastecimento de água durante o período de estiagem.

Leia também: MP-GO obriga que Goiás a regulamentar lei de uso da água

Essas campanhas são executadas fortemente nas redes sociais e pelos veículos de comunicação, com a presença dos personagens Banja e Sato, o esbanjador e o sensato, que alertam para o uso consciente da água, além da Dona Faísca, que chama a atenção para os perigos das queimadas.

São filmes, revistas, cartilhas, bem como a educação ambiental nas escolas. Além dessas ações, a colaboração da população para evitar o desabastecimento de água durante o período de seca é fundamental. No site da Saneago é possível encontrar orientações sobre o uso correto dos recursos hídricos, além de dicas de testes para que os clientes possam identificar vazamentos internos em seus imóveis.

Veja Também