Orquestra Sinfônica de Goiânia apresenta o concerto “Música Rara”, nesta quarta-feira (6)

Espetáculo reforça relevância artística de apresentação e valorização das personalidades brasileiras

Postado em: 05-10-2021 às 14h17
Por: Alexandre Paes
Espetáculo reforça relevância artística de apresentação e valorização das personalidades brasileiras | Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (06/10), a Orquestra Sinfônica de Goiânia (OSGO) sobe ao palco do Teatro SESI para o concerto “Música Rara”. O espetáculo inédito tem como objetivo apresentar obras de compositores brasileiros pouco conhecidos no cenário musical. A apresentação será em formato híbrido, mas o público poderá acompanhar presencialmente ou através do YouTube.

A apresentação traz os solistas Hélenes Lopes (tenor) e Sara Veras (mezzo-soprano) e regência do maestro diretor da Orquestra Sinfônica de Goiânia (OSGO), Eliseu Ferreira.  O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, assegura que a retorno do público e dos músicos é importante para retomada cultural. “Vemos com bastante satisfação a realização desses concertos presenciais da nossa Orquestra Sinfônica de Goiânia, que é uma das melhores do Brasil”, comenta Rogério.

O projeto é uma realização da Lei de Incentivo à Cultura, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo, com o patrocínio do Instituto Cultural Vale. De acordo com o secretário municipal de Cultura, Zander Fábio, o concerto traz uma proposta inédita, que apresentará obras de dois compositores brasileiros. “São obras de elevado valor artístico, com consistência técnica e artística, porém, executadas somente uma única vez em sua maioria”, explica o secretário.

Continua após a publicidade

O espetáculo será limitado a 120 pessoas presencialmente, e condicionado aos protocolos sanitários vigentes. A entrada é um quilo de alimento não perecível, e quem participar vai poder ter acesso a um importante resgate da memória musical brasileira.

Veja Também