Estilista guineense realiza o desfile África Fashion Tribal no mês da Consciência Negra

Postado em: 28-11-2021 às 14h26
Por: Alexandre Paes
Evento acontece na tarde deste domingo (28), e desfile conta com peças únicas feitas pela estilista. | Foto: Divulgação

Em comemoração ao mês da Consciência Negra, o Shopping Cerrado realiza neste domingo (28/11), uma edição especial do África Fashion Tribal. A programação se inicia as 17h e segue até as 20h, e conta com um desfile de moda africana que apresenta as criações da estilista guineense Saturnina da Costa, tais como saias longas, acessórios e turbantes.

Em Goiânia há nove anos, Saturnina começou a produzir roupas a pedidos de amigas da universidade e, hoje, tem uma marca própria intitulada Nyna Koxta Moda Africana, somando várias coleções e desfiles pelo estado de Goiás. Ela busca sempre criar peças únicas, com cores vivas e fortes, estampas geométricas, tecidos africanos e combinações que caíram no gosto dos goianos e dos brasileiros.

“Será um desfile bem tribal, cheio de ancestralidade, empoderamento e autoestima”, garante a estilista, que acompanhará de perto todo o evento e montará pessoalmente as modelos. Ela comenta que, mais do que vender roupas e acessórios africanos, seu intuito é promover inclusão social por meio da moda, inclusive com desfiles que dão espaço para modelos que normalmente não têm lugar na passarela comercial.

As criações de Saturnina serão desfiladas por alunos do curso profissionalizante de modelo, e também por modelos profissionais e convidadas pela estilista, que busca sempre trazer a representação da minorias na sociedade, e principalmente, da moda. Confira um pouquinho do desfile:

Programação musical

O desfile contará com a presença da cantora e compositora Thainá Janaina, que se apresentará ao lado de Luiz Chaffin, Jader Steter e Juninho Bass. O quarteto vai realizar interpretações de canções de Vanessa da Mata, Caetano Veloso, Zeca Baleiro, Sandra de Sá, Dorival Caymmi, Djavan, Margareth Menezes, Benito Di Paula, Jorge Ben Jor, Milton Nascimento, Carlinhos Brown, entre outros nomes de representatividade negra e do MPB.

Como e quando Saturnina da Costa iniciou na moda?

Saturnina da Costa é de Guiné-Bissau, mas veio para Goiânia em 2012 para estudar Ecologia e Análise Ambiental, na Universidade Federal de Goiás (UFG). Em 2015, começou a trabalhar com roupas e criou sua marca, a Nyna Koxta Moda Africana.

Neste período, fez cursos de corte e costura e empreendedorismo de negócio e social e, hoje, é pós-graduanda em Inclusão Social e também integra a Rede Goiana da Mulher Empreendedora. Também já presenteou diversos artistas e personalidades com suas criações, como o ator Lázaro Ramos, que já foi visto com uma bata da NK.

Compartilhe: