Lucão lamenta falta de capricho em empate com o Tigre

Em seu primeiro jogo numa final de Campeonato Goiano, o Grêmio Anápolis não conseguiu fazer o dever de casa e ficou apenas

Postado em: 16-05-2021 às 20h17
Por: Breno Modesto
O atacante Lucão marcou o único gol do Grêmio Anápolis diante do Vila Nova | Foto: Heber Gomes

Em seu primeiro jogo numa final de Campeonato Goiano, o Grêmio Anápolis não conseguiu fazer o dever de casa e ficou apenas no empate de 1 a 1 com o Vila Nova no Estádio Jonas Duarte. Autor de cinco gols na competição, foi do atacante Lucão o tento que garantiu a igualdade à Raposa no marcador. 

Após o fim da partida, o jogador afirmou que seus companheiros tiveram um bom desempenho diante do Tigre, principalmente no segundo tempo. Para ele, é preciso continuar com a mesma intensidade no próximo domingo (23), no OBA.

“Eu acho que nós fizemos um bom jogo. Tivemos a infelicidade de tomar um gol, mas melhoramos no segundo tempo. Se tivéssemos caprichado um pouco mais, poderíamos ter saído com a vitória. Temos de continuar assim no próximo jogo, com essa mesma pegada e com essa mesma garra, porque ainda não tem nada perdido”, avaliou o camisa 9.

Continua após a publicidade

Na visão do centroavante, para que o GEA fique com a taça do Goianão pela primeira vez em sua história, será preciso competir de igual para igual nos domínios do adversário, no próximo final de semana, e não desistir, pois o resultado ainda está em aberto.

“Temos de competir e não desistir nunca. Nós temos a capacidade de chegar lá no OBA e buscar a vitória para sermos os campeões”, disse Lucão.

Por fim, Lucão cita que, durante a semana, o técnico Cléber Gaúcho deve apontar o que precisará ser melhorado para que ele e seus companheiros cheguem à Goiânia ainda melhores do que estiveram em Anápolis.

“Agora, é descansar. Voltaremos aos trabalhos nesta segunda-feira (17), para ver o que o professor (Cléber Gaúcho) vai nos dizer, para melhorarmos e chegar ainda melhor no segundo jogo, no OBA”, finalizou Lucão.

Veja Também