Com título e acesso, Fernando Miguel reencontra o Juventude

Apenas dois pontos separam o Atlético Goianiense de seu próximo adversário na Série A, o Juventude. O rubro-negro vai ter pela primeira

Postado em: 09-07-2021 às 16h10
Por: Felipe André
Fernando Miguel participou do início da reconstrução do Juventude, que na última temporada retornou para a Série A | Foto: Divulgação/Juventude

Apenas dois pontos separam o Atlético Goianiense de seu próximo adversário na Série A, o Juventude. O rubro-negro vai ter pela primeira vez na temporada um jogo começando às 11h (horário de Brasília), contra uma equipe que é muito bem conhecida por seu atleta mais experiente dentro do elenco, o goleiro Fernando Miguel, que já passou pelo time gaúcho nesta década.

Gaúcho, natural de Venâncio Aires, Fernando Miguel passou por todo o seu começo de carreira no futebol estadual. Em 2012 foi contratado pelo Juventude, onde conquistou o seu primeiro título, a Copa FGF, ou como era conhecida a Copa Hélio Dourado, ao vencer o Brasil de Pelotas na final. O time, que era comandado por Lisca, tinha em seu elenco nomes como o lateral-esquerdo Alex Telles, hoje atleta do Manchester United-ING, o zagueiro Bressan, ex-Grêmio e atualmente no FC Dallas-USA e o meia Ramiro, que pertence ao Corinthians.

“Todo jogo é especial. Esse tem uma característica um pouco diferente, pois é uma equipe que eu construí uma história, tenho um título, acesso e momentos marcantes pelo clube. Foi o início de uma reconstrução do Juventude, eu tenho orgulho da história que construí junto com todos que estiveram com a gente, foram temporadas proveitosas e de bastante crescimento, mas hoje eu defendo o Atlético Goianiense e vou fazer o melhor para construir a minha história aqui. É um jogo importante e vamos buscar fazer o nosso melhor em Caxias do Sul”, disse Fernando Miguel.

Continua após a publicidade

Em 2013, Fernando Miguel foi o goleiro que conquistou o acesso com o Juventude na Série D. O arqueiro defendeu a equipe até a classificação para a semifinal, quando eliminou o Metropolitano-SC na fase anterior. Ele foi negociado então com o Vitória e o time gaúcho se sagrou vice-campeão ao perder para o Botafogo-PB na decisão por 3 a 2 no placar agregado.

O Juventude ainda alternou entre terceira e segunda divisão, mas na última temporada confirmou o acesso para a primeira divisão. Neste ano, os gaúchos somam 12 pontos em 10 jogos e a 13ª colocação antes de começar a 11ª rodada.

Veja Também