Higo Magalhães lamenta falta de definição de sua equipe diante do Cruzeiro

No último sábado (24), o Vila Nova chegou à marca de quatro jogos consecutivos sem vencer na Série B. Jogando no OBA,

Postado em: 25-07-2021 às 18h34
Por: Breno Modesto
No sábado (24), contra a Raposa, Higo Magalhães completou um mês à frente do comando técnico do Tigre | Foto: Afonso Cardoso

No último sábado (24), o Vila Nova chegou à marca de quatro jogos consecutivos sem vencer na Série B. Jogando no OBA, a equipe comandada pelo técnico interino Higo Magalhães empatou sem gols diante do Cruzeiro. O resultado foi o quarto com o mesmo placar ao longo dos oitos jogos que realizou na praça esportiva pela competição nacional.

Após o término do duelo diante dos mineiros, o comandante vilanovense se mostrou bastante frustrado por não ter conseguido levar seu time à vitória. Apesar disso, Higo voltou a elogiar sua defesa, que, segundo ele, continua sólida, e lamentou a falta de gols.

“(O empate) nos deixa frustrados por conta de tudo aquilo que planejamos, principalmente por termos conseguido executar até o último passe de execução. Pecamos mais uma vez. E isso vem nos incomodando bastante, vem tirando nosso sono. Mas, agora, estamos um estágio à frente. Nossa defesa continua sólida, o meio-campo já conseguiu ser mais encorpado. Ainda falta a definição do jogo, que é o gol. Vamos ter uma semana de trabalho, para tentar ajustar isso”, analisou Higo Magalhães.

Continua após a publicidade

Contra a Raposa, Higo Magalhães completou um mês à frente do comando técnico do Tigre. Ao ser questionado sobre sua auto avaliação do trabalho, o comandante se esquivou e preferiu falar a respeito do que tem feito nos treinamentos.

“Sinceramente, não gosto de fazer avaliação do meu trabalho. Uma coisa é certa. Mas vocês não podem acompanhar. Eu faço do dia da oportunidade como se ele fosse o último. Eu gasto muita energia para potencializá-los, para melhorar os treinos, para dar confiança, para fazer boas sessões de treino e levar para os jogos tudo aquilo que nós planejamos. Isso tudo para que, quando chegar na hora do jogo, os atletas tenham consciência de tudo aquilo que eles precisam fazer. E isso me deixa muito satisfeito em vários pontos”, disse Higo.

Higo Magalhães completou dizendo que a responsabilidade pelos resultados negativos é totalmente dele, porém, disse que seus atletas estão se entregando ao máximo.

“Eu assumo a responsabilidade das derrotas porque são planos que são planejados por mim. Quando não dá certo, eu sou o responsável. Eu acredito muito que os atletas estão entregando o seu máximo. E o nosso vestiário é mobilizado. Podem falar muita coisa, só não podem falar que falta entrega, que falta sentimento, que falta competitividade. Precisávamos que essa bola entrasse. Mas não estamos conseguindo. Mas vamos continuar trabalhando”, finalizou o treinador.

Veja Também