Atlético-GO sai atrás, mas busca empate nos minutos finais contra o Corinthians

Após 14 dias sem entrar em campo, o Atlético Goianiense voltou aos gramados e ficou no empate diante do Corinthians, na noite

Postado em: 12-09-2021 às 20h14
Por: Felipe André
João Paulo e Roger Guedes disputando bola durante o empate entre Atlético-GO e Corinthians na Série A | Foto: Afonso Cardoso

Após 14 dias sem entrar em campo, o Atlético Goianiense voltou aos gramados e ficou no empate diante do Corinthians, na noite deste domingo (12/9), no estádio Antônio Accioly. O quarto duelo entre as equipes na temporada terminou em 1 a 1, já que Gabriel Pereira abriu o placar para os visitantes e Zé Roberto deixou tudo igual para os donos da casa.

Sem contar com Janderson e André Luis, ambos emprestados pelo Corinthians, Eduardo Barroca também não teve Toró à disposição. O atacante segue se recuperando de uma lesão parcial no adutor da coxa esquerda e iniciou recentemente a transição, quem também ficou fora da lista de relacionados foi o zagueiro Pedro Henrique, recém-contratado. Com isso, o treinador optou por iniciar o duelo com quatro laterais de origem, sendo dois improvisados como pontas.

Com pouca criação, o Atlético Goianiense sofreu com a presença dos laterais improvisados, já que apesar de serem ofensivos, não criam perigo como atletas do setor. O rubro-negro então se limitou a buscar a transição, esperando o Corinthians atacar, que também desfalcado, ofereceu perigo em poucas oportunidades, a melhor delas em uma cabeçada de Roger Guedes já nos acréscimos e em outra com uma finalização de longe com Fágner, que Fernando Miguel mandou para escanteio.

Continua após a publicidade

Com duas finalizações no primeiro tempo, ambas para fora, o Atlético-GO não fez Cássio trabalhar na primeira etapa. Zé Roberto, centroavante de origem, buscou mais jogadas fora da área e tentou criar espaço, como já feito em outras partidas, apesar disso, sem ninguém para preencher os espaços, os donos da casa sofreram com a falta de concretização nos lances e o zero a zero se manteve até o intervalo.

Na volta para o segundo tempo, Zé Roberto arriscou uma finalização com menos de um minuto, mas o setor ofensivo do Atlético-GO parou por aí. O Corinthians seguiu propondo as principais ações dentro do jogo e abriu o placar. Em uma jogada que aparentava estar morta, Gabriel Pereira dominou pelo lado direito, puxou para dentro rapidamente e finalizou sem chances para Fernando Miguel. O jovem que ganhou espaço após Willian não ser relacionado, abriu o placar no Accioly.

O Atlético-GO que se mandou para o ataque com o que podia, já que Eduardo Barroca colocou os três centroavantes em campo, quem marcou foi o que começou a partida. Natanael cobrou falta na cabeça de Zé Roberto que mandou para o fundo da rede. O árbitro de vídeo Heber Roberto Lopes solicitou a revisão por parte de Antônio Dib, que após ir ao monitor confirmou o gol marcado, já que entendeu que Brian Montenegro não participou do lance. 

Na próxima rodada, o Atlético Goianiense visita o São Paulo, no Morumbi. O duelo acontece na capital paulista no próximo domingo (19), às 16h (horário de Brasília). O Corinthians, por sua vez, vai receber o América-MG, na Neo Química Arena, às 18h15, no mesmo dia.

FICHA TÉCNICA

Atlético-GO 1×1 Corinthians

Data: 12 de setembro, 2021

Horário: 18h15 (de Brasília)

Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia-GO

Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)

Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Márcio Iglésias Araújo Silva (PI)

VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Gols: Zé Roberto(ACG) e Gabriel Pereira (COR)

Atlético-GO: Fernando Miguel; Dudu (Ronald), Wanderson (Oliveira), Éder e Igor Cariús (Rickson); Willian Maranhão (Lucão), Baralhas e João Paulo (Brian Montenegro); Arnaldo, Natanael e Zé Roberto. Técnico: Eduardo Barroca

Corinthians: Cássio; Fágner (Du Queiroz), João Victor, Raul e Fábio Santos; Gabriel, Roni (Vitinho) e Giuliano; Gabriel Pereira (Xavier), Gustavo Silva (Marquinhos) e Roger Guedes. Técnico: Sylvinho

Veja Também