Treino em campo reduzido, jogadores da base e atletas na transição: a segunda-feira do Atlético-GO

O Atlético Goianiense saiu na frente dos adversários da capital goiana e autorizou o retorno da imprensa, que estiver vacinada com as

Postado em: 04-10-2021 às 17h12
Por: Felipe André
Comissão técnica liderou um treinamento em campo reduzido que contou com a presença de jovens jogadores da base | Foto: Bruno Corsino/ACG

O Atlético Goianiense saiu na frente dos adversários da capital goiana e autorizou o retorno da imprensa, que estiver vacinada com as duas doses ou que tenha apresentado um teste PCR das últimas 48 horas. Além da coletiva com Adson Batista, Jovair Arantes e Henrique Arantes, o rubro-negro segue sua preparação para o duelo desta quarta-feira (6/10) contra o Athletico Paranaense, que vai marcar o retorno da torcida ao Castelo do Dragão, às 19h (horário de Brasília).

Dentro de campo, a comissão técnica comandou uma atividade com campo reduzido. Com a presença de oito jogadores da categoria sub-20, Eduardo Souza e João Paulo Sanches montaram duas equipes com dez jogadores de cada lado e três goleiros, que se alternavam entre os dois gols e o outro fazia um trabalho separado ao redor do gramado.

As equipes foram separadas assim, sem colete estavam: Kozlinski; Carlos Miguel, Oliveira, Pedro Henrique e Arthur Henrique; Baralhas, Kleberson e Marcos Daniel; Janderson, Brian Montenegro e Índio.

Continua após a publicidade

O time com colete foi formado assim: Luan Polli; Arnaldo, Werley, Gabriel e Natanael; André Lima, David e Rickson; Samuel, Lucão e Walber.

Sete titulares estavam na academia e chegaram ao campo para correr ao redor do gramado, são eles: Ronald, João Paulo, Dudu, André Luís, Éder, Wanderson e Zé Roberto. A atividade foi acompanhada de perto pelo presidente do clube, Adson Batista.

Transição

Sem desfalques por conta de cartão amarelo ou questão contratual, o técnico Eduardo Souza só não vai contar com dois atletas que estão na transição após deixarem o departamento médico: Marlon Freitas e Toró. O primeiro teve uma lesão no pé esquerdo, enquanto o segundo sofreu uma lesão parcial no adutor da coxa esquerda. Ambos correram ao redor do gramado, mas Marlon iniciou um trabalho específico com o preparador físico Diego Inácio.

Veja Também