Com objetivo da temporada alcançado, Vila Nova inicia planejamento para o próximo ano

Postado em: 26-11-2021 às 08h20
Por: Breno Modesto
Em 2022, Higo Magalhães deixará de ser interino e assumirá, de vez, o comando técnico colorado | Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova FC

Mais tranquilo após confirmar sua manutenção na Série B, que era o seu principal objetivo na temporada, o Vila Nova começa, aos poucos, a planejar a temporada de 2022. Depois de renovar com o lateral-direito Moacir, com os zagueiros Renato e Ricardo Lima, e com o volante Deivid, o Colorado acertou a permanência do técnico Higo Magalhães, que deixará de ser interino para assumir, de vez, o comando técnico vilanovense.

Apesar do clube ainda não ter se manifestado de forma oficial quanto à renovação dos quatro atletas e de Higo, o treinador confirmou, após a vitória de 2 a 0 contra o Nova Mutum, na última quarta-feira (24), pela Copa Verde, a extensão do vínculo com o Tigre. De acordo com o comandante, a oportunidade vem no momento certo, já que ele soube esperar e respeitar a vez de cada profissional que esteve à frente da equipe.

“Dentro do clube, eu sempre soube respeitar o momento de cada um, soube também que, para conseguir as coisas, você precisa ter simplicidade, ter calma, ter muita clareza e muita verdade. E eu esperei o momento certo, porque sabia que, em algum momento, a oportunidade iria surgir. E eu sou grato a Deus, que colocou pessoas ao meu lado que agregaram muito. O clube também se mobilizou para que as coisas dessem certo neste fim de ano. No futebol e no esporte coletivo, você nunca faz nada sozinho. Eu acredito muito na força coletiva. E também na simplicidade, na lealdade e na fome de querer sempre mais”, disse Higo.

Para 2022, Higo diz que a tendência é que mais da metade do atual elenco, que ainda tenta fechar a temporada com o título da Copa Verde, permaneça. Além disso, o treinador confessa que, além de trazer alguns reforços pontuais, deve dar oportunidade para mais garotos das categorias de base do Tigre, como aconteceu ao longo de 2021.

“Toda sequência é positiva. É só vermos a oportunidade que o presidente (Hugo Jorge Bravo) está me dando. Então, diante disso, é normal que mais de 50% dos atletas do atual elenco permaneçam para o ano que vem. É normal. E dentro disso, vamos trazer as peças pontuais e, com o devido cuidado, subir (para o time profissional) alguns jogadores das categorias de base do clube. E junto de todos, vamos tentar “construir” um grande ano. Entendemos que a responsabilidade é muito grande. Entendemos que, pelo fato de não ganharmos há um tempo, vamos começar o estadual pressionados. Mas estamos preparados para isso”, comentou Higo.

Compartilhe: