Diretoria já vai definindo futuro de jogadores visando a próxima temporada; confira quem renova e quem deixa equipe

Postado em: 12-12-2021 às 11h12
Por: Victor Pimenta
Atacante Alef Manga (dir) e Volante Rezende (fundo) ficaram próximos de permanecer, mas deixam o clube | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

O planejamento da diretoria do Goiás para a temporada 2022 já começou. De pouco em pouco, jogadores vão renovando com o clube que ano que vem terá em disputa o Campeonato Goiano, a Copa do Brasil e o foco principal, o Brasileiro da Série A. Confira quem já está acertado com a equipe esmeraldina e quem não fica no clube.

Situação dos emprestados

O Goiás recorreu nesta temporada há jogadores emprestados visando o acesso para a Série A. Para isso chegaram Rezende, do Azuriz, Nicolas, do Paysandu, Caio Vinicius, do Fluminense e Alef Manga, do Volta Redonda. Desses quatro, três já estão encaminhados para permanecer na equipe esmeraldina e 2022, um não veste mais a camisa do clube.

Dos quatro jogadores, apenas o atacante Nicolas seguirá no clube em 2022. Ele foi comprado devido a cláusula no contrato em caso de acesso para a Série A e números de partidas jogadas. O jogador do Paysandu custou 800 mil reais aos cofres esmeraldinos.

O volante Caio Vinícius, foi também outro jogador importante na conquista do acesso e o jogador começou titular, chegou a ter uma queda de rendimento e virando banco, mas retornou e terminou o ano na titularidade. Ele que pertence ao Fluminense, tem seu contrato encerrado em dezembro com a equipe tricolor e o Goiás pode renovar com ele sem custos de transferência.

O caso do atacante Alef Manga é um caso à parte. Um dos destaques da campanha, sendo artilheiro do time na competição, estava tudo encaminhado para sua permanência. Estava. Após negociações com o empresário, qual pediu 1,6 milhões de reais para comprar em definitivo, além de aumentar o seu salário, o que não foi atendido. O jogador que pertence ao Volta Redonda tem interessados em sua contratação.

De última hora, outro que não permanecerá no Goiás é o volante Rezende. O que estava tudo certo, já não irá acontecer mais. A diretoria esmeraldina já havia comunicado ao Azuriz sobre a compra do jogador, estipulado em 700 mil reais, por conta do acesso para a Série A. O clube paranaense e o jogador estavam tudo acertados, porém, seu empresário aumentou a pedida salarial, o que ficou inviável para que a negociação fosse adiante.

Já garantidos

Além do goleiro Tadeu, dos laterais Apodi e Artur e do meia Élvis que já tinham contrato pelo menos até 2022, o Goiás então buscou renovar com outros atletas que demonstraram qualidade e vontade com a camisa esmeraldina. O primeiro já oficializado nas redes sociais foi o volante Fellipe Bastos, que chegou sem clube, foi questionado, mas mostrou raça e renovou até o final da Série A. Além dele, também está encaminhada a renovação com o meia Dieguinho, outro destaque e polivalente, jogando no meio-campo, na lateral e no ataque. Seu vínculo foi prorrogado até o final de 2023.

Não ficam

Além de Alef Manga, outro atacante que não permanecerá em 2022 é o atacante Bruno Mezenga. Com contrato até o final de 2022 com o time esmeraldino, ele não faz parte dos planos da próxima temporada e será emprestado à Ferroviária para a disputa do Paulistão.

Outros dois que jogarão o Paulistão são Dadá Belmonte e Luan Dias. Ambos pertencem ao Água Santa e o time solicitou o retorno dos mesmos. Existe um acordo para retornarem para a Série A em caso de interesse por parte do Goiás.

Após uma boa temporada pelo Goiás, sendo titular na defesa esmeraldina ao lado de David Duarte, outro que não fica no Goiás em 2022 é o zagueiro Reynaldo. A diretoria procurou para renovar, mas seu empresário pediu um tempo para decidir alegando que tinha outras propostas por ele. A diretoria esmeraldina então entendeu que o clube não era prioridade e já começou a busca por outro zagueiro em seu lugar. O atleta deve retornar ao futebol do exterior.

O lateral-esquerdo Gabriel Rodrigues tem contrato com o Goiás até o final de 2022 e deve ser emprestado por mais um ano à Aparecidense. Ele que foi campeão com o clube na Série D e eleito o melhor jogador de sua posição na competição, fica mais uma temporada na Cidinha, dessa vez para a disputa da Série C.

Quem também não fica são os jogadores que acaba seu contrato no final de dezembro e o Goiás não tem interesse nenhum em renovar, casos de: o lateral Ivan, o zagueiro Matheus Salustiano e o volante Lucas Black, esse da base esmeraldina. Outros da base esmeraldina que não ficam são: o lateral Gustavinho, o zagueiro Vanderley, o volante Filipe Trindade, o meia Flávio e os atacante Samuel e Pedro Marinho. Além deles, Taylon que estava emprestado ao América de Natal e o meia Thalles que estava emprestado a Ponte Preta.

Compartilhe: