Em confronto equilibrado, Aparecidense e Iporá se enfrentam no Aníbal

O Campeonato Goiano inicia nesta terça-feira (25), para Aparecidense e Iporá, que se enfrentam na primeira rodada da competição estadual. A partida

Postado em: 25-01-2022 às 09h45
Por: Victor Pimenta
Após o título da Série D, Cidinha volta a sua casa para iniciar a temporada, agora buscando o título goiano | foto: Nicolle Mendes / Aparecidense

O Campeonato Goiano inicia nesta terça-feira (25), para Aparecidense e Iporá, que se enfrentam na primeira rodada da competição estadual. A partida acontece no estádio Aníbal Batista de Toledo, às 20h30. As equipes terão diversas caras novas e podendo ter lei do ex de ambos os lados.

Aparecidense

A equipe chega com outro status na competição após se sagraram campeões brasileiros da Série D em 2021. Mantendo a base do último ano, a Cidinha também terá muitas caras novas que irão atuar pelo clube na temporada e chegam como um dos favoritos visando a grande final, mirando o título goiano, que ainda não tem em sua galeria de troféus.

Continua após a publicidade

Com o treinador Thiago Carvalho seguindo no comando, a equipe contratou muitos reforços experientes não só visando o Goiano, mas também a Série C no segundo semestre. Com isso, nomes como o lateral-esquerdo Breno, o zagueiro Willian Magrão, o volante Renato Alves e os meias Felipe Menezes e Alan Mineiro ajudarão a equipe na competição. Todos estão regularizados e podem estrear já nesta terça-feira.

Com os últimos treinamentos durante a preparação para o Goiano, Thiago Carvalho deve fazer muitas mudanças com a chegada dos novos jogadores e uma delas é do lateral-esquerdo Breno que ganha a vaga de Rodrigues. A defesa deve ser mantida com a que disputou a final. Alan Mineiro deve começar no banco nesse primeiro jogo.

Lei do ex na Aparecidense fica por conta de Rodriguinho e Renato, que tiveram passagens marcantes pelo Iporá. Nomes que podem ficar de olho são dos jovens Nilson Júnior e Lausen, também contratados para a atual temporada e já regularizados junto ao BID.

Iporá

Com o acesso da Aparecidense para a Série C em 2022, o Iporá conseguiu a vaga para a Série D na atual temporada. Para isso, o planejamento da equipe começa desde já neste Goianão, onde terão no comando o velho conhecido que a torcida tem um enorme carinho, o treinador Éverton Goiano.

Além do treinador, outros velhos conhecidos retornam ao clube para a temporada, como o goleiro Cleriston e o volante Bosco. Além de diversas caras novas que podem ajudar ainda mais a equipe que visa inicialmente a permanência na competição, depois buscando uma vaga nos mata matas. O lobo-guará terá na defesa a experiência de Robson e Lidio Ferreira, buscou o volante Denner, ex-Vila Nova, o meia armador Régis Potiguar e no ataque Jairinho, Du Gaia e Odilávio, que conhecem a competição.

Lei do ex fica por conta do zagueiro Robson, que atuou por onze anos defendendo as cores da Aparecidense e do volante/meia Flávio Henrique, que defendeu a equipe na última temporada, onde se sagrou campeão brasileiro da Série D pela Cidinha.

Retrospecto no Goianão

As equipes tem um histórico bastante equilibrado na disputa da primeira divisão estadual. Foram oito jogos, sendo três vitórias para cada lado e dois empates, sendo doze gols anotados, seis para cada lado. Em 2021, duas partidas, uma vitória para cada lado. Alex Henrique marcou na vitória por 1 a 0 no Aníbal Batista de Toledo e João Lucas marcou na vitória por 1 a 0 no Ferreirão. (Especial para O Hoje)

Ficha técnica

Aparecidense x Iporá

Data: 25 de janeiro de 2022

Horário e local: 20h30, estádio Aníbal Batista de Toledo.

Arbitragem: Osimar Moreira; Assistentes: Paulo César Almeida e Victor de Castro; quarto árbitro: Edílson Silva.

Aparecidense: Pedro Henrique; Adriel (Samoel Pizzi), Wesley Matos, Vanderley, Breno (Rodrigues); Bruno Henrique (Renato Alves), Rodriguinho, Robert (Alan Mineiro); Negueba, Alex Henrique, Nilson Júnior (Lausen). Técnico: Thiago Carvalho.

Iporá: Cleriston; Douglas Pelé, Robson, Lidio, Júnior Goiano (Lidio), Gabiga; Denner, Renato Soares, Flávio Henrique (Tiago Pará), Régis Potiguar; Jairinho e Odilávio. Técnico: Éverton Goiano.

Veja Também