Iporá garante permanência de quatro jogadores e acerta com duas revelações do Goiás

Postado em: 13-04-2022 às 10h00
Por: Victor Pimenta
O zagueiro Jackson foi importante na campanha do Goiás Sub-20, conquistando o Goiano da categoria e agora reforça o lobo-guará | foto: Heber Gomes

O Iporá já foca suas atenções na sua estreia no Campeonato Brasileiro da Série D. O lobo-guará recebe no próximo domingo (17), o CEOV Operário-MT, às 15h30, no estádio do Ferreirão. Para isso, sete jogadores tiveram seus contratos regularizados junto ao BID e pode atuar na estreia da competição.

Os que ficaram

Dos sete nomes, quatro permanecem para a sequência da temporada do Iporá. Depois da eliminação no Goianão, o lateral Bruno Mendes, o volante Bosco e o meio-campista Régis Potiguar.

O lateral-direito é velho conhecido no clube, onde atua desde 2019. Na atual temporada, Bruno foi titular na reta final, jogando oito jogos. O volante Bosco segue para mais uma temporada representando as cores do Iporá, onde joga desde 2018 (exceção de 2021). Retornou em 2022 para o Goianão, seguiu titular e são onze jogos pelo clube.

O meia Régis Potiguar, que se destacou pelo Iporá na disputa do Goianão. O jogador de 29 anos chegou ao clube nesta temporada e foram catorze jogos e quatro gols no estadual. Ele também foi regularizado junto ao BID. Por fim, o atacante Tiago Pará, que chegou ao IPEC também em 2022 e marcou dois gols em treze partidas pelo clube na disputa do Goianão.

Novidades

Entre os sete contratados, três novos jogadores chegam ao Iporá, sendo dois deles vindo após deixaram as categorias de base do Goiás Esporte Clube. Chegam o lateral-direito Sanderson, o zagueiro Jackson e o atacante Éverton Nunes.

O lateral-direito Sanderson, tem 25 anos, e passou por vários times cariocas, como Carapebus, Americano, Itaboraí, Sampaio Corrêa, Friburguense, Gonçalense e Duque de Caxias. Ainda jogou pelo Potiguar e recentemente estava no Treze, da Paraíba.

Os dois jogadores revelados nas categorias de base do Goiás são o zagueiro Jackson e o atacante Éverton Nunes. O primeiro, passou pela Ponte Preta antes de chegar ao clube esmeraldino. Já os segundo, atuava no Boavista-RJ antes de vir para o time goiano. Ambos foram campeões no ano passado, do Goianão Sub-20.

Compartilhe: