Ainda sem vencer, Tigre busca, diante do Náutico, sua primeira vitória na Segundona

Postado em: 06-05-2022 às 08h45
Por: Breno Modesto
Para Higo Magalhães, o Colorado se encontra numa situação delicada dentro da Série B do Campeonato Brasileiro | Foto: Fernando Brito/Vila Nova FC

Em busca da primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro, o Vila Nova faz, nesta sexta-feira (6), mais uma partida diante do seu torcedor. Às 19h, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, o time comandado pelo técnico Higo Magalhães, que ocupa, atualmente, a 19ª posição na tabela de classificação da Segundona, tenta seu primeiro triunfo na competição nacional.

Para o comandante colorado, o time vilanovense chegou em uma situação delicada dentro do torneio, onde será preciso entrar em campo como se o jogo contra o time pernambucano fosse o da vida do Colorado, que, no entendimento de Higo, está com uma pontuação abaixo da margem projetada por ele.

“Chegamos numa situação delicada. Entendemos que chegamos no nosso limite na questão de pontuação. Estamos com uma margem baixa. Então, temos que fazer um jogo como esse contra o Náutico como se fosse o jogo da vida. Não que os outros não tenham sido assim, mas temos que minimizar qualquer tipo de erro. Temos de entrar totalmente concentrados na partida, temos de ser incisivos nos momentos bons. Nos ruins, precisamos estar conectados também para sermos sólidos”, disse Higo.

Já o atacante Matheuzinho fala a respeito da importância do resultado positivo diante dos pernambucanos. De acordo com o camisa 7, há muita coisa em jogo e a parte mental será muito importante para que o Tigre consiga conquistar a vitória e tirar das costas o “fardo” de não vencer.

“Acredito que essa vitória, para nós, é primordial. Tem muita coisa em jogo e, mais do que nunca, precisamos tirar esse “fardo” das nossas costas. Então, acredito que a parte mental foi muito bem trabalhada e vai ser uma das peças primordiais para nós sairmos dessa situação incômoda”, analisou Matheuzinho.

Náutico

Campeão estadual no último final de semana, o Náutico chega fará, nesta sexta-feira (6), seu terceiro jogo em menos de uma semana. Por conta disso, o desgaste físico é uma das preocupações do técnico Roberto Fernandes. Diante da situação, ele pode mandar a campo um time com várias peças diferentes das que empataram com o Guarani em 1 a 1, na terça (3).

Histórico

A partida desta sexta-feira (6) será a de número 24 na história entre Vila Nova e Náutico. Com 12 resultados positivos, quem mais venceu foi a equipe pernambucana. O Tigre triunfou três vezes a menos. Além disso, as equipes empataram em outras duas oportunidades.

O último encontro entre os clubes aconteceu no ano passado, pela própria Série B do Campeonato Brasileiro. Pela 23ª rodada, o Colorado, de Higo Magalhães, derrotou o Timbu por 1 a 0, com gol do atacante Clayton, que hoje está no Coritiba.

Ficha técnica

Vila Nova x Náutico

Data: 6 de maio de 2022

Horário: 19h

Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Vila Nova: Georgemy; Alex Silva, Rafael Donato, Renato e Bruno Collaço; Ralf, Arthur Rezende e Wagner (Pablo Roberto); Matheuzinho, Rubens (Pablo Dyego) e Victor Andrade.

Técnico: Higo Magalhães

Náutico: Bruno; Thassio, Carlão, Bruno Bispo e Ailton (Júnior Tavares); Djavan (Rhaldney), Richard Franco, Eduardo, Niltinho e Jean Carlos; Luis Philipe e Amarildo (Léo Passos).

Técnico: Roberto Fernandes

Compartilhe: