Atlético Goianiense é derrotado pelo xará mineiro e continua sem vencer e na zona de rebaixamento

Postado em: 14-05-2022 às 21h47
Por: Breno Modesto
Na Arena Independência, o Atlético-GO foi derrotado pelo Atlético-MG por 2 a 0 | Foto: Pedro Souza/Atlético-MG

O Atlético Goianiense segue sem vencer na Série A do Campeonato Brasileiro. Pela sexta rodada da competição nacional, o time comandado pelo técnico Umberto Louzer entrou em campo neste sábado (14) e foi derrotado, fora de casa, pelo Atlético Mineiro. Na Arena Independência, em Belo Horizonte, o Galo bateu o Dragão por 2 a 0.

Marlon Freitas, contra, e Hulk fizeram os gols que garantiram os três pontos aos mineiros. Com o resultado, o Rubro-Negro segue na décima nona colocação na tabela de classificação, com apenas três pontos conquistados. Porém, a equipe goiana pode terminar a rodada na última posição. Para isso, o Fortaleza precisa vencer o Botafogo, neste domingo (15).

O jogo

A partida na Arena Independência começou quente, mas sem nenhuma grande oportunidade nos primeiros minutos de bola rolando. A primeira chegada mais perigosa do jogo aconteceu aos 13 minutos. E, numa infelicidade de Marlon Freitas, resultou em gol dos mineiros. Após cobrança de escanteio, Nathan Silva escorou de cabeça e, ao tentar tirar, o capitão rubro-negro acabou mandando contra.

O gol sofrido mexeu bastante com o Dragão, que foi “sufocado” pelo Galo. Após o 1 a 0, o time mineiro chegou com perigo à meta de Ronaldo em duas oportunidades. A primeira, aos 16, com Keno completando um escanteio rasteiro e mandando na defesa goiana. Depois, aos 35, com Jair, que, na área, limpou a marcação e chutou, obrigando o arqueiro rubro-negro a se esticar para evitar o segundo.

No finzinho, aos 42, o Rubro-Negro reclamou bastante de um lance na área mineira. Depois de um cruzamento na área da equipe alvinegra, o zagueiro paraguaio Junior Alonso furou e a bola acabou batendo em seu braço. O árbitro Anderson Daronco, entendendo que não houve irregularidade, mandou o lance seguir.

Na etapa final, assim como nos primeiros 45 minutos, as finalizações demoraram a aparecer. A primeira veio apenas aos 22, quando Nacho Fernández resolveu experimentar de fora da área. No entanto, o chute sem muita força ficou fácil para a defesa de Ronaldo. Dois minutos depois, o arqueiro evitou que Hulk marcasse. Na sobra, Edson cortou.

Porém, dois minutos mais tarde, Nacho Fernández e Hulk apareceram novamente. Desta vez, para decidir o confronto. O atacante recebeu na entrada da área e ajeitou rolou para o argentino, que finalizou e viu Ronaldo espalmar. Ele mesmo pegou o rebote e, inverteu os papéis, passando para o camisa 7, que mandou no cantinho, selando a vitória mineira.

Ficha técnica

Atlético-MG 2×0 Atlético-GO

Data: 14 de maio de 2022

Horário: 19h

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Marlon Freitas (13’/1T – contra) e Hulk (26’/2T) – CAM

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa/RS) e Michael Stanislau (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Atlético-MG: Everson; Guga, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Otávio), Jair, Nacho Fernández (Rubens) e Zaracho (Calebe); Hulk (Eduardo Sasha) e Keno (Ademir).

Técnico: Antonio Mohamed

Atlético-GO: Ronaldo; Hayner, Edson, Ramon Menezes e Jefferson; Baralhas, Edson Fernando (Luiz Fernando), Marlon Freitas e Shaylon (Diego Churín); Wellington Rato (Airton) e Léo Pereira (Lucas Lima).

Técnico: Umberto Louzer

Compartilhe: