Michael ‘ganha’ mais um dia de folga e deve ter futuro definido nos próximos dias

Atacante brilhou no empate diante do Flamengo no Serra Dourada – Foto: Carlos Costa / Futura Press

Postado em: 08-01-2020 às 13h50
Por: Daniell Alves
Atacante brilhou no empate diante do Flamengo no Serra Dourada – Foto: Carlos Costa / Futura Press

Victor Pimenta

A reapresentação do elenco do Goiás aconteceu na manhã desta
quarta-feira (8), e nela não contou com a presença do atacante Michael. O
jogador que está sendo especulado e dado como certo para ser o mais novo
reforço do Flamengo pediu folga um dia a mais em relação aos atletas e se
reapresenta hoje ao clube esmeraldino.

Continua após a publicidade

“Toda especulação que existe em torno do Michael, a verdade
que a todo momento chegam novas informações e nenhuma dentro do clube, sendo
somente de fora. A negociação não se diz respeito ao departamento de futebol e
sim a presidência. O presidente do executivo junto com o vice-presidente e o
presidente do conselho são os responsáveis por essa negociação, então, a gente
espera o mais rápido possível que resolvam essa situação, ou vende parte dos
direitos, ou que venda os direitos totais do Michael para definirmos nosso
planejamento também”, falou o diretor de futebol Túlio Lustosa.

Ainda sem definição do futuro do atleta, o diretor Túlio
Lustosa confirmou que precisa concretizar a venda logo do atacante para definir
até mesmo como será o planejamento do Goiás na temporada 2020.

“Já temos uma diretriz de planejamento, mas é claro que a
negociação do Michael passa muito por isso por que ela é muito importante em
todos os aspectos. A gente poder contar com ele seria maravilhoso, que é o que
a gente deseja, porém, a gente sabe que não depende só disso, tem muitas coisas
envolvidas e a gente espera o desfecho o mais rápido possível, se ele fica ou
não”, afirmou o diretor.

O diretor Túlio
Lustosa também falou em caso de saída do atacante, já pensa em buscar uma peça
à altura para repor a saída do atleta.

“A negociação do Michael é uma negociação que está com o
presidente do executivo e com o conselho de administração do clube. Claro que
estou sendo informado de tudo e o que me interessa é se o Michael fica ou não.
Se ele ficar, nosso planejamento passa evidentemente por ele, se não ficar a
gente tem a necessidade de repor essa peça à altura para que nosso time também
fique forte para a temporada 2020”, concluiu Túlio. (Victor Pimenta, especial
para O Hoje)

A estreia do Goiás no Campeonato Goiano acontece no próximo
dia 23 de janeiro, quando recebe a Aparecidense no estádio Hailé Pinheiro, às
20h30, horário de Brasília. 

Veja Também