Justiça devolve Pros a Marcus Holanda

Partido tinha retornado a Eurípedes Júnior em decisão do último domingo

Postado em: 04-08-2022 às 08h19
Por: Francisco Costa
Partido tinha retornado a Eurípedes Júnior em decisão do último domingo (Foto: Redação)

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) devolveu a presidência do Pros a Marcus Holanda, na quarta-feira (3). Vale lembrar, no domingo (31) Eurípedes Júnior tinha retomado o comando da sigla em liminar do STJ.

Na decisão favorável a Eurípedes, o ministro Jorge Mussi, vice-presidente do STJ, disse que faltavam provas que justificassem a saída do político. Já nesta quarta, o ministro Antônio Carlos declarou que a ação precisava de análise pelas instâncias anteriores. A decisão recente também é provisória.

Em março deste ano, a 2ª instância no Distrito Federal retirou Eurípedes e decidiu por legitimar a reunião partidária que elegeu Marcus Holanda presidente do Pros em julho de 2020. No entendimento de Ferreira – de quarta – ele afirma: “Tem-se, contudo, alegações que ainda pendem do exame das instâncias precedentes, carecendo o STJ da competência para apreciá-las desde logo, sob pena de qualificar supressão de instância.”

Continua após a publicidade

Vale citar, o grupo de Holanda acusa o Eurípedes Júnior de “sumir” com um helicóptero e outros bens que somariam R$ 50 milhões de fundo partidário. O presidente nega.

Durante o período que Eurípedes Júnior retomou o mandato, o partido retirou o nome do coach e empresário goiano Pablo Marçal da disputa à presidência.

Veja Também